GOTAS DE LUZ


 
 

Seraphis Bay – 28/11/2013

 

 

Amados,

            Estamos agora mais próximo de vocês. A distância que nos separava, apesar de não ser física, está agora cada vez menor. Ao aumentarem suas frequências vibracionais, se aproximam de nós. Louvados todos aqueles que colaboram nesse processo. Acompanhamos cada passo e celebramos cada conquista, cada aprendizado.

            O caminho da dor, muito utilizado no passado, agora já não é mais necessário para muito de vocês. Tudo fica mais suave, mais leve, na presença do amor incondicional. Sentimos como o amor cresce de intensidade nesse planeta. Sentimos suas novas vibrações.

Velhas energias já não fazem mais parte de sua realidade. Abandonaram o planeta. Não há mais lugar aqui para elas. Ainda há muito que ser transformar. Transmutar. Vocês ainda verão muitos exemplos das velhas estruturas se ruindo. Isso é necessário, amados. Saibam que está cada vez mais próxima a realidade de paz, abundância e convívio equilibrado entre os homens, entre a natureza, entre os homens e a natureza.

Sejam aqueles que vieram para ser. Apenas isso.

Fiquem na paz do Criador.

Seraphis Bay – 28/11/2013

 

 



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 16h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Sete de setembro

Sete de Setembro


A cidade acordou animada. Céu azul sem nuvens. Fazia calor. Crianças uniformizadas se reuniam. Professores corriam para lá e para cá. As ruas estavam repletas de pais, avós, tios, primos... Muitos nem mesmo tinham parentes por ali. Era chegado o momento. Há tempos os moradores não vivenciavam aquela data de forma especial. Dia da independência do Brasil. Sete de setembro. E, sob o sol da primavera, iniciava-se o desfile cívico. Mas tinha alguma coisa diferente. Caminhões, tratores e as mais diversas máquinas atravessavam a avenida. Aqueles acostumados com as grandes cidades provavelmente não compreendiam o que estava acontecendo. Possivelmente se perguntavam como aquilo se relacionava com o sete de setembro. Mas para os cidadãos que por muito tempo não presenciavam um dia como aquele, o sentido das coisas se fez presente. Podiam perceber que algo havia mudado. O que já fora desânimo, decepção, há algum tempo se transformara em esperança, que em alguns momentos foi até mesmo misturada com pitadas de medo. Mas naquele momento, alguma coisa acontecia nos sentimentos daqueles que ali observavam os caminhões ainda brilhando, os tratores novinhos, as máquinas recém saídas das fábricas. As pitadas de medo desapareciam. A esperança se transformava na certeza de dias melhores. Naquele momento, quando todo o país celebrava o dia em que o Brasil se tornou independente, aquela cidade relembrava o que era independência. Poder andar com suas próprias pernas. Resolver seus problemas. Assumir suas responsabilidades. E logo entravam as jovens crianças, com uniformes, bandeiras, instrumentos, música... Símbolos de uma nova etapa. E lá do alto, em meio ao azul do céu, sem nuvens ao seu redor, o sol a tudo observava.



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 16h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Em casa

Em casa
Oito da manhã. Hora de levantar. Queria ser como os adultos, que ficam a madrugada acordados e dormem até tarde. Mas, com onze anos, tenho que seguir direitinho os horários. Entro na fila pra usar o banheiro. Prontinho. Um pouco de televisão. Gosto dos desenhos. De manhã a sala fica cheia, doze meninos conversando. Uns chorando, outros querendo ligar o video-game. Hora de tomar café. E chegam também as meninas. Somos em mais de vinte vivendo aqui. Oração, brincadeiras... Nossa, já é hora de me arrumar pra ir pra escola! O ônibus tem hora e não podemos atrasar! Gosto da escola. Tenho cinco professoras. Final da tarde, hora de voltar. Vamos pro ônibus. Pronto, chegamos. Começam a descer. Pessoal anda muito devagar! Eu já desço e vou correndo! Hoje tem aula de música, adoro tocar bateria! Deixa eu ver que dia é hoje... Quero que chegue logo o terceiro fim de semana! É nesse dia que saímos com os padrinhos! Eu adoro passear com eles! Meu irmãozinho já foi adotado! Ele era bebê! Uma das minhas irmãs também já foi. Meu colega é que tem sorte. Está indo passear várias vezes com a mesma madrinha. Parece que ela vai adotar ele. Moram muitas crianças lá em casa. Mas eu já sou adulto, tenho onze anos, já contei isso, né? Se não me adotarem, poderei ficar aqui até os dezoito. Gosto de todo mundo aqui de casa. Pessoal cuida muito bem da gente. Adoro os finais de semana em que algumas pessoas vem brincar com a gente! Gosto de pular na cama elástica e de jogar bola! Também gosto da comida: é deliciosa! Costumam me perguntar se estou bem. Ué, tá tudo bem! A gente se diverte muito! Faz um ano que vivo aqui na Escola Esperança e Vida.

(Agosto/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 08h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dezessete horas e quinze minutos

 

Dezessete horas e quinze minutos

Toca o despertador. O sono ainda é pesado. Mais dez minutinhos para descansar. Sonho profundo... Imagens... Sons... E toca novamente o despertador. Hora de voltar à realidade. Banheiro... Banho... Dentes escovados... Roupas vestidas... Hora de trabalhar! O trajeto é curto, dez quilômetros. Que venha a estrada! Logo cedo, inicia-se a aventura. O agradável clima gelado da manhã e as belas paisagens de verdes montanhas contrastam com o que vejo em minha frente: asfalto, em um espaço suficiente para dois carros - dois caminhões também cabem ali, como aquela camiseta guardada há tempos, que, quando vestimos, fica colada ao corpo, sem qualquer espaço livre. É muito legal ter contato com a natureza, mas o mato alto, verde claro, robusto, cercando as duas margens, parece mais oprimir aqueles que por ali passam, ao invés de despertar a agradável sensação de paz que a mãe natureza costuma trazer. Continuo o trajeto que repito diariamente. Para dar um pouco mais de emoção, sempre tem aqueles cheios de pressa, que realizam ansiosas ultrapassagens nessa estrada com tantas curvas quanto os brinquedos mais radicais dos parques de diversões. Primeira etapa cumprida, deslocamento entre cidades realizado com sucesso. Inicia-se o dia de trabalho. Computador, papéis, projetos... Aproxima-se o momento de almoçar. Hora de voltar para casa. Estrada, caminhões, ultrapassagens, natureza... Como é bom estar em casa. Almoço, conversas, notícias no rádio, esticada nas pernas... Opa, já é hora de voltar! Asfalto, natureza, caminhões, ultrapassagens... E vamos trabalhar! E a vida segue seu curso, seu ritmo. Fim de expediente, hora de voltar. Carona? Claro, a agradável companhia sempre é bem vinda! E vamos para estrada... Ultrapassagens ansiosas, natureza, caminhões... Opa! Tem coisa errada! Fila de carros... Pisca-alertas ligados... Um caminhão parado em sentido contrário. Caixas de madeira espalhadas pelo chão. Tensão no ar. Pessoas reunidas em meio ao mato que quase invade a pista. Puxa... Duas pessoas no chão... Uma moto... A agradável companhia ao meu lado vira o rosto para evitar olhar para a cena. Também prefiro ver o mínimo possível. Olho no relógio, dezessete horas e quinze minutos, do dia 27 de junho de 2013: hoje a MG-290 ceifou mais uma vida...

 

(Junho/2013)

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 07h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Na fazenda

          Seguia sua busca por verdades. Queria compreender a vida, o universo. Vivia seu momento de transformações. Aquela viagem para a pequena cidade do interior lhe permitia esquecer da rotina de trabalho, dos sons das buzinas, freadas, britadeiras... Por alguns momentos, ele conseguia se sentir em paz. Ouvia o silêncio com admiração. Não sabia diferenciar os cantos dos pássaros, mas reconhecia a melodia harmoniosa que compunham com os sapos, grilos e muitos outros seres que por ali estavam. Caminhava lentamente até a velha porteira. Escutou o rangido enquanto a abria.  Andara poucos metros desde que saíra daquela antiga casa,  mas o relógio já não fazia mais sentido. Contemplava cada instante, cada cheiro, cada sensação. Sentou-se em um pedaço de tronco em meio às pedras brancas. Respirou profundamente. Tirou do bolso a pequena folha de papel que recebera enquanto esteve naquela casa. Passou a ler aquelas palavras, escritas a mãos com uma caligrafia quase infantil. Em seguida, levantou-se, entrou em seu carro e iniciou o retorno à capital. Uma jovem garota, que de longe acompanhou aquela cena, percebeu que a folha de papel havia ficado no chão. Aproximou-se e seus olhos passaram a acompanhar aquelas palavras:
            "Louvados sejam os que escutam o próprio coração. Louvados aqueles dispostos a enfrentar seus próprios medos, encarar sua própria face, aprofundar-se em si mesmo.
            A oportunidade está aí, disponível a todos que estão abertos ao novo. Suas dores mais profundas são ferramentas poderosas para impulsioná-los à ação, ao verdadeiro caminho, ao cumprimento de seus verdadeiros propósitos.
            Acalmem sempre o coração diante de situações que pareçam difíceis. Respirem. Aproveitem a oportunidade. É o momento em que estão diante do caminho, da ajuda, da orientação. Respire fundo e de o próximo passo com tranqüilidade, sem julgamentos.
            Cada um está aqui por motivos diferentes, com caminhos diferentes, olhares diferentes, lições diferentes.
            Não tente percorrer o caminho que os outros traçaram ou lhe disseram que deveria ser seguido.
            Siga seu próprio caminho. Em paz, sereno, confiante, em harmonia com o todo."


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 16h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Palavras e sonhos

Madrugada fria. A cidade dorme. Debaixo de cobertores, os sonhos tomam seus rumos, ganham asas. Alguns navegam por oceanos, outros voam sobre florestas. Muitas vezes a viagem é para dentro de nós mesmos. Cenários estranhos lá parecem familiares. Móveis que nunca vimos, lugares em que nunca estivemos, pessoas que não conhecemos... Por alguns instantes tudo é real. Somos ao mesmo tempo o filme e o personagem. Tudo se mistura: passado, presente, realidade, fantasia, medos, expectativas, aventuras... Enquanto a cidade dorme, mentes vagam acordadas. O silêncio é um grande aliado da paz. A paz, uma grande aliada da reflexão. E no silêncio da madrugada, o coração se aquieta. Com o coração tranquilo, as palavras buscam ganhar vida. Saltam do mundo do pensamento para a tela do computador. Já houve um tempo em que saltavam para o papel. E esse papel muitas vezes tinha como destino o fundo da gaveta. Vez ou outra, era compartilhado com as pessoas mais próximas. Mas hoje, quase não é mais necessário. As palavras agora ganham vida própria. Nascem, crescem, multiplicam-se e morrem. Algumas podem durar para sempre. Outras podem se espalhar como flores ao vento. Chegar até pessoas que nunca conhecemos. Lugares em que nunca estivemos... Como nos sonhos.

Palavras são bases de construções, assim como os tijolos. Podemos erguer grandes castelos, construir palácios, pontes, muralhas, prisões... Escolher bem as palavras é escolher o que iremos criar. O mesmo vale para o pensamento, palavras não verbalizadas que geram emoções.
Construímos nossas emoções ao escolher nossos pensamentos, nossas palavras, nossas atitudes. Boas obras nascem de bons projetos. É preciso escolher o que projetar. Serão pontes? Muralhas? Palácios? Prisões? 
Mas quem faz o desenho? Qual o projeto? Está tudo lá dentro. Pronto para ser acessado e impresso. Disponível. Aguardando atenção. É só fazer a conexão: mente-coração

Um coração tranquilo segue aquilo em que acredita. Fiel a si mesmo. Honesto em suas ações. Coerente com seus princípios. Disposto a encarar as consequências e a pagar o preço por fazer o que acredita ser o certo... Hoje o coração acordou calado. Tranquilo. Calmo. Em silêncio. Já não batia com tanta pressa como em outros tempos. Continua trabalhando vinte quatro horas por dia. Sem descanso em finais de semana ou feriado. Todo dia... Todo dia... Despertou, porém, diferente. Em outro ritmo, mais alegre. Sambando. Dançando. Agora é carnaval o ano inteiro. Alegria e liberdade. Pulsando... Pulsando... Pulsando...


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 16h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Amigos Espirituais 13/03/2013

 

Amados filhos da Terra,
Nesse momento percebemos como lidam com as situações às suas voltas.
Percebemos que já passaram a agir de forma diferente. Talvez nem mesmo tenham percebido. Muitos deram grandes saltos, meus queridos.
Aprimorem ainda mais a confiança em sua fonte divina, em seu conhecimento ancestral. Saibam que estão aqui para brilhar. Mantenham a paz em seus corações. Não importa a força da tempestade lá fora. Mantenham-se sempre centrados, confiantes, tranquilos. Por mais intensa que seja a tempestade, as ondas, o vento, nada disso pode atingir seu barco. Pois seu verdadeiro barco não está nessas águas. Ele está lá dentro. Seguro. Protegido. Ao ver um filme você não pode ser atingido pelo que acontece dentro da televisão, não é mesmo? Pode haver fogo, que sua casa não se queima. Pode haver água, que nada a sua volta irá se molhar. Da mesma forma, não se preocupe com as ilusões e situações que seus olhos vêem externamente. Nada disso pode afetar o "barco interior".
Ilusões, sentimentos, sensações. Tudo é parte do show. Aprecie, divirta-se. Só não leve tão a sério. Tudo que é real e verdadeiro está dentro de você.
Navegue com calma e tranquilidade, independente do que acontece ao seu redor.
Essa é a nossa mensagem de hoje.
Fiquem na Paz do Criador.
Amigos Espirituais
(13/03/2013)

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 08h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Miguel 13/03/2013

Sejam louvados, amados filhos.
O Criador a todos possibilitou essa experiência de vida na Terra. Aproveitem. Divirtam-se. Acreditem em seu potencial. Lembrem-se do seu propósito. Façam a vida vibrar. Sintam o coração bater cheio de alegria ao realizarem aquilo para o qual vieram.
Lembrem-se do que foi planejado antes do embarque. É hora de encontrar os verdadeiros planos. E será fácil identificá-los. A alegria estará presente onde essas atividades estiverem. Sigam sua intuição, seu coração, seu verdadeiro Eu. Flua na direção do vento.
Amados filhos,
Eu vos desejo a Paz e Sabedoria
Miguel
(13/03/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 08h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Gabriel (23/02/2013)

Deus é Amor!
Saudações meus amados filhos. Estamos aqui para compartilhar o Amor e a
Sabedoria do Criador.
Sabemos de seus desafios. Cada passo dado na direção da Luz é grandioso.
Seu planeta passou por muitas mudanças nos últimos anos e intensificaram-se os desafios de cada um. Cada conflito foi levado ao seu ápice. Cada medo foi levado à realização e ao enfrentamento. Cada ...palavra teve sua importância, seu papel em determinado momento. A mudança era necessária. A travessia era um pré-requisito necessário.
Amados filhos, apesar de superficialmente muita coisa aparentar-se igual, na realidade elas são hoje muito diferentes.
Abertura ao novo nós lhe pedimos há algum tempo. E o novo está chegando em todas as esferas. A manifestação sempre ocorre do micro para o macro. Então observem primeiramente as pequenas transformações de seu cotidiano. Sua forma de encarar os acontecimentos, a maneira como reage à antigas provocações, sua percepção de mundo diferenciada, sua sensibilidade, sua empatia.
Saibam, amados filhos, que a mudança promovida em seu planeta é gigantesca sob nossa perspectiva. Ainda existem muitos potenciais a se manifestarem em seu presente tempo. Muitas novidades, cheias de Amor e Alegria. O reflexo no âmbito global será percebido dentro de algum tempo (sob a perspectiva da terceira dimensão). Apreciem quando se depararem com elas.
Continua a aumentar a freqüência de Luz do planeta. Ainda existem transformações necessárias a serem realizadas. Mas é imenso o número de almas que despertam para suas verdadeiras identidades, seus verdadeiros propósitos.
Assim, meus amados filhos, permitam-se desfrutar desse momento, desse novo tempo que se inicia. Permitam-se viver em plena Paz e Harmonia. Permitam-se seguir seu coração. A sabedoria de milênios, de mundos distintos, de milhares de circunstancias e situações encontram-se em seu próprio interior. Usamos a expressão "sigam seu coração" para expressar tudo isso.
Apliquem o conhecimento. Sejam sábios.
Vivam em Amor, Plenitude e Paz.
Eu sou Gabriel, o filho da Luz.

(23/02/2013)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 01h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Kryon (23/02/2013)

Saudações meu queridos, eu sou Kryon do Serviço Magnético.
A grade cristalina da Terra já está totalmente refeita, adaptada para o novo padrão da Nova Terra. A frequência do planeta está cada vez mais elevada, assim como a frequência do conjunto de seres humanos que nele habitam. Em breve essas energias estarão em harmonia, em ressonância, vibrando em uma só nota da mais pura Luz e Amor.
Continuem elevando suas frequências. Continuem sendo aqueles para o qual vieram. Continuem com o trabalho que lhes foi confiado.
Amor é a palavra. Amor somos todos nós.
Eu sou Kryon.
E assim é.

(23/02/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 01h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O novo despertar

Louvado sejam aqueles que compreendem suas dores mais profundas. Amados filhos do Criador, esta jornada tem sido árdua para muitos. Sabemos das dores e dificuldades por que passaram. Cada passo da caminhada teve seu propósito. Muitos avançaram enormes passos nesses últimos anos. Saudamos cada alma livre que agora se encontra diante de um novo mundo de possibilidades. Esperamos que logo um número cada vez maior de seres estarão no caminho da Luz e do Amor. Muitos agora se encontram num ponto bem no alto da escalada, próximo de alcançar o cume da montanha. Continuem firmes nos propósitos e centrados em seus corações. Saibam que o alto da montanha não é o fim da jornada. Na realidade, será o verdadeiro começo. Mas um começo muito diferente daquilo que já experimentaram um dia. Um novo despertar, com verdadeiras habilidades para desempenharem aquilo para o qual vieram. Um novo início de uma jornada mais leve, com os corações repletos de paz, com todos os recursos disponíveis. Vocês estão chegando...estão chegando em casa. Bem vindos.
Luz é o caminho. Luz é Amor. Somos todos Luz.

(19/02/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bem vindo!

Louvado seja aquele que cresceu. Louvado seja cada um dos que vivenciaram seus desafios. Agora um novo tempo se inicia. É chegado o momento de brilhar. É chegado o dia em que não mais é necessário atravessar os caminhos dolorosos do sofrimento. É chegado o momento da plenitude, da abundância. Muitos já despertaram. E para esses, tudo isso já é realidade. Sintam em seu coração que a travessia se realizou. Vislumbre o salto. Sinta o vento bater em seu rosto. Sinta o cheiro da manhã fria. Escute o silêncio da noite. Ria das situações do dia a dia. Contemple o por-do-sol. Respire. Sinta a paz. A harmonia se faz presente. Sorria. Bem vindo!
(15/01/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 09h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Talentos

 

Descobrir nossos talentos é a chave para a alegria nas atividades do nosso cotidiano. Descobrir o que faz seu coração pulsar mais forte, o que o faz vibrar, o que o faz sentir-se vivo. Caminhamos por anos na escuridão de nossa própria consciência. Escondemos de nós mesmos a sabedoria ancestral. Alegramo-nos em diversos momentos. Mas, em seguida, deixávamos nossas vibrações baixarem em freqüências de medo e de culpa. Recebemos muitas oportunidades de crescer por meio de situações dolorosas. Cada uma teve seu papel. Elevar nossas frequências é viver em esplendosa alegria. Reluzir alegria é viver cada momento centrado, consciente, sem se deixar robotizar em atitudes e sentimentos pré-definidos, automatizados. Viver seus talentos, utilizá-los no seu dia a dia, expressá-los com espontaneidade... Eis uma forma de elevar as freqüências, vibrar em ondas mais sutis, enfim, viver em alegria.

(16/12/2012)

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 14h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Francisco de Assis - 29/11/2012

Protetores dos animais. Hoje vim para conversar com vocês. Sei bem o que voces vêm enfrentando. Entendo suas lutas. Amei os animais assim como amei todos meus irmãos. Quando me chamava Francisco, caminhei lado a lado de diversos seres vivos. Verdadeiros portadores da pureza divina. O amor incondicional aos animais, à natureza, é algo belo. Amem dessa mesma forma todos seus irmãos. Assim estarão elevando seu coração, seu espírito. Esse é um caminho para a ascensão. Deixem esse imenso fluxo de amor verdadeiro transbordar para tudo a sua volta. Saibam, meu irmãos, que sua luta é nobre. Sua causa é bela. Sua luz é intensa. Seu contato com cada ser vivo é um contato com seu planeta. Cada abraço e carinho em um gato, cachorro ou qualquer outro ser é um grande abraço e carinho em Gaia. Tudo está conectado. Expandam seu amor. Expandam sua consciência. Amém uns aos outros assim como amam cada pequena criatura. Amor verdadeiro. Puro. Incondicional.

Eu sou Francisco de Assis, e vos saúdo e parabenizo.
(Canalizado em 29/11/2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Seraphis Bay – 29/11/2012

Recebemos a cada dia a oportunidade de crescer. Cada passo é dado na direção da luz. Cada passo é uma conquista, um aprendizado. Recebam agora as energias de um novo tempo. Tudo pode parecer igual superficialmente, mas a mudança dentro de cada um ocorre de maneira intensa. Cada vez mais intensa nesses últimos meses. Vocês sentem que estão mudando. Percebem isso dentro de si mesmos. Muitas vezes não encontram validações externas no contato com amigos e parentes. Isso é parte natural do processo. As mudanças acontecem independentemente de percepções de terceiros. Mas tenham certeza, elas estão acontecendo. E cedo ou tarde ficarão tão claras que será possível serem reconhecidas e percebidas por todos a sua volta. As crenças de cada um limitam as possibilidades de percepção. Mas quando os fatos são inquestionáveis, até a mais rígida das crenças estão sujeitas a alterações. Sejam elas racionais, científicas, dogmáticas, doutrinárias ou de qualquer espécie. A diferença do período que vivem hoje para outros tempos passados, está na vibração da energia recebida pelo planeta. Agora ela é muito mais intensa. O que acelerou a transformação dentro de cada um. Seja experimentando conflitos no trabalho, na vida familiar, questionando o caminho que vem seguindo, revendo suas posturas, experimentando seus medos, vivenciando seus maiores temores, mudando suas crenças, questionando velhos padrões, vivenciando seus conflitos interiores... Cada um experimenta esse momento à sua maneira. Muitos oferecem muita resistência a tudo isso. Provavelmente serão os que mais precisarão de orientação em breve. Precisarão de apoio para compreender tudo que está por vir. Pois para os que estão nesse processo em sintonia com a luz, será o ponto alto, o grande momento de um espetáculo há muito aguardado. Mas para aqueles em grande resistência, será como o rompimento de um grande dique, que funciona como uma barreira para conter milhares de litros de água. De repente abre-se uma fresta e em segundos um imenso fluxo derruba toda barreira. Uma avalanche interior transformando pensamentos, emoções, crenças... Esses encontrarão apoio se assim quiserem. Não há como sua ciência comprovar hoje tudo isso que vêm sendo transmitido nos diferentes cantos desse planeta azul. Mas cada um pode olhar para seu redor. Para seu colega mais próximo, seus parentes... Conseguem enxergar numa perspectiva mais distante as mudanças, desafios e transformações que cada um vem vivendo? Sua ciência também oferece algumas pistas. Explosões solares. Alinhamentos planetários. Só não espere tudo isso em uma matéria em seus jornais ou televisão. Tudo isso não é um espetáculo a ser assistido como um telespectador. Nenhum de vocês é um telespectador. Todos são atores principais nesse grande palco chamado Planeta Terra.

(Seraphis Bay – 29/11/2012)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Coro dos Anjos – 12/11/2012

 

Caminhamos lado a lado com vocês, queridos amigos.

Lembranças de um tempo em que já caminhamos juntos. Muitas vezes, com os corações abertos aos seus pedidos, sempre atentos. Amor compartilhado mutuamente.

Lembranças de um tempo em que não havia barreiras, não havia véu que nos separavam.

Lembranças de um tempo em que a paz e o amor eram predominantes.

Lembranças de um tempo em que todo conhecimento era disponível e aplicado.

Lembranças de quando andávamos juntos, amigos, irmãos...

Lembranças de um tempo que logo estará de volta.

Caminhar lado a lado, sem véu, sem barreiras, sem limites.

Estamos com saudades.

Sejam bem vindos!


(Coro dos Anjos – 12/11/2012)

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 08h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Casa Lar Escola Esperança e Vida

A Casa Lar Escola Esperança e Vida é uma associação civil cristã, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos, considerada por lei municipal e estadual de utilidade pública. Desde 1996, ela ampara crianças e adolescentes que estão em situação de abandono ou de risco no município de Ouro Fino.

Funciona pelo sistema casa-lar e pais sociais, e, por isso, visa propiciar as condições familiares ideais ao desenvolvimento e reintegração social dos menores, instruindo e auxiliando nas áreas física, espiritual, psicológica, pedagógica e emocional, pelo período de 24 horas por dia.

O projeto se mantém praticamente de doações e de trabalhos voluntários .
Conheça a Casa Lar Escola Esperança e Vida. Brinque com as crianças. Sorria com elas. Participe da forma que seu coração mandar.

http://www.casalaresperancaevida.blogspot.com.br/



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 13h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Quem se importa

"QUEM SE IMPORTA é um documentário longa metragem sobre empreendedores sociais no Brasil e ao redor do mundo. Pessoas brilhantes, que criaram, cada qual, uma organização inovadora capaz de não só mudar a sociedade ao seu redor, mas também causar impacto social suficiente para que estas idéias possam virar políticas públicas aplicadas em várias partes do mundo. Um filme que, através de cada um de seus personagens, vasculha o mundo atrás de pessoas magníficas que oferecem simples soluções para as mais graves questões que nos afetam profundamente.

O filme conta com grandes nomes internacionais do Empreendedorismo Social como Muhammad Yunus (Nobel Paz 2006), Bill Drayton, Mary Gordon, entre outros".

 

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 07h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Paz

Logo que escolhemos o caminho do amor, encontramos uma incrível sensação de paz. As palavras apenas procuram expressar a ideia, mas o verdadeiro sentir é uma experiência única. A paz vivenciada, experimentada, sentida plenamente é uma ...
dádiva. Em meio a multidões, ou na solidão de uma madrugada fria, ela se faz presente. Aconchego é estar acompanhado da sua essência, seu eu mais profundo e verdadeiro. Sermos nós mesmos é algo extraordinário. E como algo tão simples torna-se tão complicado? Angustias, aflições e a sensação do vazio podem ser completamente descartadas da nossa experiência após o encontro com nós mesmos.

O exterior é só um reflexo do que acontece dentro de nossos corações. Encontrando a verdadeira paz interior, estaremos mudando tudo. Mudando nosso comportamento, nossas atitudes, nossos sentimentos, nossas formas de lidar com as situações, afetamos todos a nossa volta, promovendo assim mudanças globais. O mar agitado de nossos pensamentos, nossos tsunamis interiores, nossos medos... Uma vez que deixam de existir em cada um, também deixam de existir em nosso planeta. Tudo se acalma.


Lições são compartilhadas a cada dia. O conhecimento está cada vez mais disponível. Agora é preciso aplicar esse conhecimento. O nome disso é sabedoria. Sejamos sábios então.


(21/08/2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Histórias que não devemos contar a ninguém

Pensando em escrever sobre situações constrangedoras de nosso dia a dia, ocorreu-me que normalmente as histórias mais impressionantes sempre estão relacionadas com banheiro, dor de barriga e demais variações do gênero. Pois nesses momentos nos sentimos vulneráveis, principalmente quando ocorrem em um local que não seja nossa casa.

Lembro de um professor que contou da vez em que visitava sua namorada na casa dos pais dela. Ele teve que ir ao banheiro. Após concluir sua obra, deu a descarga. Mas a água que desceu foi insuficiente para deletar todos os arquivos que ali estavam. Era aquele sistema de cordinha, onde após puxá-la uma vez era necessário esperar alguns minutos para que o recipiente se enchesse novamente. E ele esperava sentado, já suando e impaciente. Para completar sua namorada bate na porta perguntando "tá tudo bem aí amor?". Que situação meu amigo! E a sala toda ria desse verdadeiro drama.

Comigo histórias como essa começaram logo cedo. Lembro-me de quando criança, nos tempos de pré-primário. Como foi há muito tempo os detalhes se apagaram da memória, mas lembro bem da dor de barriga e de correr ao banheiro. Lembro também que ao me aproximar da privada a hecatombe nuclear ocorreu antes de alcançar o posicionamento adequado, deixando uma montanha bem na quina! Mas isso não era nada se comparado ao que o futuro me reservava...

Uns vinte anos depois, estava já há uns dois dias com uma diarréia aguda. Tudo bem que toda diarréia é triste, mas acrescentei a palavra "aguda" para ressaltar que a coisa estava feia realmente. E foi preciso ir até o hospital. Ainda bem que essa história se passou em uma cidade grande, onde todos são cidadãos anônimos. Já dentro do hospital, após passar por um médico, seguia para outro local onde faria alguns exames. Estava em pé aguardando ser chamado, quando percebi que estava ficando tudo branco ao meu redor. Estava ficando fraco. Vi que estava prestes a desmaiar. Avistei uma cadeira de rodas que estava por perto e ali sentei. Logo tudo apagou. De repente acordo com a cadeira em movimento, algumas pessoas de branco andando rápido ao me lado e alguém dizendo "ele tá defecando, ele tá defecando!". Olhei para trás ainda sem entender muito bem o que estava acontecendo. O que vi foi um rastro marrom que acompanhava todo o percurso da cadeira. Estava literalmente seguindo aquela filosofia da vaca, "coisando" e andando!!!

É... está rindo porque não foi com você! Mas quase todo mundo já viveu alguma coisa do gênero. Por mais elegante que seja, alguma vez já foi soltar gases e ocorreu algo inesperado. Por mais nobre que seja, já precisou ir ao banheiro na casa da sua sogra. Por mais fino que seja, já teve que se conter naquelas longas feijoadas de domingo com toda a família.

Essas são histórias que não devemos contar a ninguém!

(30/07/2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Política

Política, jogo de poder ou administração dos interesses coletivos? Escândalos e notícias negativas não faltam. Desanima assim o cidadão que já está cansado de uma novela que se repete a cada momento. Aí, desanimado, o cidadão diz que não gosta de política, que todos políticos são iguais. E ouvindo isso os malandros e picaretas abrem um grande sorriso. Arma perfeita para quem faz coisa errada é se misturar na multidão. Na realidade, aquele cidadão está é decepcionado. Não é que ele não goste de "política" - palavra que de tanto utilizada já perdeu seu verdadeiro sentido. Ele não gosta é de safadeza, de pessoas querendo fazer qualquer coisa para levar vantagem, passar por cima de qualquer um para aumentar seu patrimônio, sustentar luxos superficiais. O verdadeiro político, honesto, que se esforça para compreender o funcionamento de como as coisas acontecem, que busca administrar os recursos públicos de forma justa, que gasta seu tempo com encontros e conversas que podem trazer melhorias para a coletividade, que estuda projetos e busca viabilizar que sejam implementados... Esse merecia ser chamado por um outro nome. "Político" é uma palavra que virou sinônimo de ofensa. Os representantes do povo precisam de uma nova palavra que corresponda a suas verdadeiras atribuições. Não sei qual seria essa nova denominação. Mas é preciso substituir logo todos esses "políticos" por verdadeiros representantes da coletividade.


(02/07/2012)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo

Levamos a vida tão a sério. Sabedoria é amar cada segundo, sorrir diante de cada detalhe, cada evento, cada lugar, cada pessoa... Sentimentos são preciosas experiências que levamos dessa aventura. Alegrias, tristezas, paixões, ilusões... Aprendizados levados conosco de volta pra casa. Aprendizados, e não reprises como um mesmo filme visto várias vezes. Cada segundo é uma nova experiência. A cada momento avançamos alguns passos. Hoje somos pessoas completamente diferentes das que fomos há algum tempo. Muitas vezes não percebemos isso, da mesma forma que um amigo que convivemos diariamente não percebe como engordamos, emagrecemos ou como ficamos mais velhos. Vendo um vídeo antigo, é fácil perceber como cada um está diferente. Mas essa mudança acontece dia a dia. Em alguns momentos, em um ritmo mais lento, em outros, em um ritmo mais acelerado. Quando encontramos alguém que não vemos há muito tempo, é mais fácil perceber as transformações. Cada um com seu novo "eu" se reencontrando e se conhecendo novamente. Alegria profunda é verificar que a caminhada valeu a pena e se perceber distante do ponto em que já se esteve um dia. Isso é crescer. Amar cada passo da jornada, independente do prazer ou dor que o momento nos traz, é a chave da felicidade. Agir segundo seu coração mandar, sem medo de estar fazendo o certo ou errado, coerente com suas crenças, com seus sentimentos, com sua intuição. Sermos nós mesmo, apenas isso. Sofrimento é tentar ser alguém que você acredita que seria o mais adequado ou que outras pessoas julgam ser o mais adequado. Esse é um caminho de dor, de violência contra sua própria consciência. Se libertar de todo julgamento, tanto de terceiros quanto principalmente os que nós mesmos fazemos, é passo fundamental para a libertação da dor. Já disse Gabriel o Pensador em uma de suas músicas: "seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo".

(24 de junho de 2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O palhação

Tempos atrás estive no primeiro aniversário do filho de uma prima muito querida. Meses antes da comemoração, quando o pessoal se reunia, eu ficava agitando e dizendo que no dia da festa eu iria vestido de palhaço para divertir a criançada.


A data do evento chegou. Mesas com enfeites coloridos, bexigas, piscina de bolinha para a criançada, salgadinhos e comidas típicas de festa de criança, como aquele "rabo de gato" e o mini cachorro quente só com salcinha e molho, iguaria fantástica que não sei por que não costuma estar presente em outros eventos. E eu de calça e camiseta. Não cumpri o prometido.


Para minha surpresa e alegria, me deparo com um palhaço bem animado, vestido com todos os acessórios que esse ser provocador do riso deve usar. Ele fazia sua bagunça e divertia tanto os adultos como a criançada. E de repente, sacou uns apetrechos e começou a pintar o rosto das crianças. Logo se formou uma grande fila - grande no comprimento, mas não na altura, que não ultrapassava um metro e pouco. Então se via meninas com borboletas coloridas desenhadas em suas faces e meninos ao estilo homem aranha e outros heróis. O palhaço era um verdadeiro artista.


Após a ultima criança se levantar da cadeira, me aproximei e disse que agora era a minha vez. Alguns adultos que estavam por perto deram risada e acharam que era uma brincadeira. Mas me sentei na cadeira e o artista começou seu trabalho. Uns vinte minutos depois me levantei. Ele ainda me arranjou um mini chapéuzinho verde e um nariz redondo vermelho. Estava cumprida a promessa. Naquele momento eu era uma espécie de Palhaço Bozo só que em versão extra-grande. Aí foi só alegria, palhaçadas e fotografias.


Festa de criança acaba cedo. Por uma coincidência, naquele mesmo dia era aniversário do sogro do meu irmão. Uma pessoa muito gente boa, com quem tenho muita amizade. Já tentei uma vez pensar em qual seria o nome do parentesco entre ele e eu. A melhor ideia que me ocorreu foi o que eu sempre digo pra ele, que arrumou um genro e eu vim junto de brinde.


E seguimos direto de uma festa para a outra. Na casa dele estava rolando um jantar só para o pessoal mais próximo, sua família e seus amigos motociclistas. E fui vestido daquele mesmo jeito. Ao apontar na entrada do quintal, me deparei com vinte pares de olhos me olhando. Recuei por uns segundos. Mas logo assumi a identidade de palhaço, abri um sorriso, acenei para a galera e entrei a passos largos, caminhando rápido até o fundo, onde estava o aniversariante. Foi muita risada por todo lado. Uma homenagem a uma pessoa querida.


Um priminho da minha cunhada ficou doido com a chegada daquele palhaço, e não parava de brincar e gritar "ôh paiaçããããão"! Foi um dia inesquecível. Mas o mais legal é que, até hoje, sempre que encontro aquele menino, ele fala "ôh paiaçããããão"!

(Maio/2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Laço Eterno

Dia das mães está chegando. Isso faz aumentar a saudade. Data importante, de grande alegria e celebração. Ativa nossas memórias. Parece que foi ontem quando estávamos na praia, crianças se aventurando no mar, sentindo a emoção de saltar e passar por baixo daquele grande volume de água, que vinha junto com surfistas e outras pessoas. Lá na areia o olhar sempre atento de minha mãe. Atenção focada em seus filhos, coração batendo forte, emoções fluindo por todo corpo. Sentimentos divididos entre a alegria de ver suas crias descobrindo a liberdade e ao mesmo tempo escutar seu coração batendo apertado em seu peito, com seu instinto de proteção à flor da pele.

Outras lembranças passam por minha mente. Uma folha de papel, uma casinha desenhada. E no lugar da janela, uma cartolina sobreposta ao desenho. Logo acima, os dizeres: “Veja a pessoa que mais amo nesse mundo”. Trabalho realizado no pré-primário. E naquele dia das mães o presente foi entregue. Ver minha mãe olhando para aquela casinha, abrindo a janela e dando um largo sorriso marcou aquele dia. Dentro da janela estava colado um espelho. E a pessoa mais amada desse mundo via ali sua imagem refletida.

Esse será o sétimo dia das mães de muitas saudades. Sete anos... E parece que foi ontem que estávamos sentados com os primos, tias e tios tomando café, comendo e falando sobre os mais variados assuntos.

Dia das mães é a data escolhida para essa celebração especial. Mas todos sabem que na realidade não há dia, mês ou data no calendário que represente o real papel divino desempenhado por uma mãe. Mãe é sempre mãe. Não existe passado, presente ou futuro. Não existe começo nem fim.

Mãe e filho... Laço eterno.

(Abril/2012)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Consciência e Transformação

Eckhart Tolle, em seu livro “Um novo mundo – O despertar de uma nova consciência” (Editora Sextante), traz conceitos importantes para que possamos compreender a nós mesmos e o modo como nos relacionamos com as pessoas.



Segundo o autor, quando a palavra “eu” é utilizada na sua aplicação cotidiana, estamos na realidade tendo uma percepção equivocada de quem a pessoa é, um sentido ilusório de identidade. Na verdade, o que nos referimos como sendo o “eu”, trata-se do ego.


O ego compõe-se de pensamentos e emoções, de uma série de lembranças que reconhecemos como “eu e minha história”, de papéis habituais que desempenhamos sem saber e de identificações coletivas, como nacionalidade, religião, raça, classe social e orientação política. Ele contém ainda identificações pessoais não só com bens, mas com opiniões, aparência exterior, ressentimentos antigos e conceitos sobre nós mesmos como melhores do que os outros ou inferiores a eles, como pessoas bem sucedidas ou fracassadas.


Essa identidade ilusória se torna então a base de todas as interpretações posteriores da realidade, de todos os processos de pensamento, das interações e dos relacionamentos.


Na mente egóica existe uma percepção do eu, do ego, em todos os pensamentos – lembranças, interpretações, opiniões, pontos de vista, reações, emoções. O pensamento, o conteúdo da mente é condicionado pelo passado: pela formação, pela cultura, pelos antecedentes familiares, etc. O núcleo central de toda atividade mental consiste em determinados pensamentos, emoções e padrões reativos repetitivos e persistentes com os quais nos identificamos com mais intensidade.


Nossa história é formada por lembranças mentais e emocionais – emoções antigas que são revividas continuamente. A maioria das pessoas leva consigo uma grande quantidade de bagagem desnecessária, tanto mental quanto emocional, ao longo de toda a vida. Esses indivíduos se limitam com ressentimentos, arrependimentos, hostilidade e culpa. Seu pensamento emocional se torna seu eu e, assim, eles se apegam a velhas emoções porque estas fortalecem sua identidade.


Queixar-se é umas das estratégias prediletas do ego para se fortalecer. Cada reclamação é uma pequena história que a mente cria e na qual acreditamos inteiramente. Não importa se ela é feita em voz alta ou apenas em pensamento. Ressentimento é a emoção que acompanha a queixa e a rotulagem mental dos outros. Ele acrescenta ainda mais energia ao ego. Ressentir-se significa ficar magoado ou ofendido.


Não reagir ao ego das pessoas é uma das maneiras mais eficazes de não só superarmos nosso próprio ego como também de dissolver o ego humano coletivo. No entanto, só conseguimos nos abster de reagir quando somos capazes de reconhecer o comportamento de alguém como originário do ego, como uma expressão do distúrbio coletivo da espécie humana. Quando compreendemos que não se trata de nada pessoal, a compulsão para reagir desaparece. Outra palavra para não-reação é perdão. Perdoar é ver além, é enxergar através de algo. É ver, através do ego, a sanidade que há em cada ser humano como sua essência.


Podemos dizer que existe uma voz dentro de nossa própria cabeça, o fluxo incessante de pensamento involuntário e compulsivo e as emoções que os acompanham. Devemos estar atentos e reconhecê-la pelo que ela é: a voz do ego, não mais do que um padrão mental condicionado, um pensamento. Sempre que a observar, compreenderá que você não é ela, e sim aquele que tem consciência dela. Na verdade você é a consciência que está consciente da voz. Dessa maneira você estará se libertando do ego, livrando-se da mente não observada. No momento em que você se tornar consciente do ego, a rigor ele não será mais o ego, e sim um velho padrão mental condicionado. O ego implica inconsciência. O velho padrão mental pode sobreviver e se manifestar por um tempo. No entanto, toda vez que é reconhecido, ele se enfraquece.


Estar atento ao momento presente. Observar seus pensamentos e sentimentos. Saber que você não é o ego. Ter a consciência que você é algo muito mais profundo e divino. São essas as chaves para a verdadeira transformação.

(Março/2012)


Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 15h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Livro GOTAS DE LUZ

 

Livro GOTAS DE LUZ

     Neste livro, o autor escreve sobre os aprendizados proporcionados pelas transformações que vivenciou nos últimos anos. Percebendo que as quedas e dificuldades tiveram um papel fundamental para seu crescimento, procurou compartilhar suas lições. Seja em forma de mensagens, reflexões, crônicas ou poesias, o leitor poderá identificar-se com sentimentos e experiências, encontrando suas verdades dentro de si.

      A inspiração para publicar esse livro veio da descoberta da capacidade de psicografar e canalizar. As mensagens procuram esclarecer as inúmeras transformações que estamos vivenciando em nosso planeta e em nosso interior. O leitor compreenderá a grande oportunidade que estamos vivenciando e que as mudanças que estão chegando são baseadas no amor, na paz, na harmonia e na abundância.


- Versão Livro Tradicional - Disponível pelo e-mail rmaranho@gmail.com

- Versão E-book Livro Digital - Disponível na Livraria Saraiva

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 23h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GOTAS DE LUZ

GOTAS DE LUZ



Escrito por Beto Mendonca às 07h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DEDICATÓRIA

DEDICATÓRIA

Dedico este livro a minha mãe Vera, meu avô Benedito e minha avó Isabel, por tudo que fizeram enquanto me acompanharam nessa jornada, e por toda orientação, luz e proteção que enviam de lá do outro lado.



Escrito por Beto Mendonca às 07h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




AGRADECIMENTOS

AGRADECIMENTOS

Agradeço, com sincera gratidão, a Dona Neide, da cidade de Brotas, pela atenção, carinho e orientação no momento em que dava meus primeiros passos na compreensão dos desafios e questões espirituais. Também, com sincero carinho, agradeço a Jurandir, da cidade de Campinas, por toda dedicação e paciência nas orientações em um período em que o medo ainda era presente e milhares de perguntas fervilhavam em busca de respostas. Sou grato ao universo por colocar esses dois “Faróis de Luz” em meu caminho.

 

PREFÁCIO

 

Constelação nova no luar

Eu sei que as novas constelações assustam os olhos humanos. Porém, não há motivos para tanta inquietação. Pode haver confusões mentais nos seres que na Terra habitam, mas entendam que, neste processo, muitas almas evoluem por simples sensação de não alinhamento com as condições intraterrenas.

Não há novos habitantes que não passem por este estágio, que muito tem 
para contribuir  com os seres humanos. Tu que acompanhas os tombos dos seres, entenderás que, para um grande crescimento, é necessário preceder de uma grande queda. E isso implica em problemas mentais e doenças desconhecidas pelos doutores da Terra.

Dentro dessa dinâmica, com a evolução do planeta, será fácil constatar
que essas condições não descaracterizam o progresso espiritual. Pelo contrário, o espírito só evolui  depurando-se da matéria.

Eu penso que minha tarefa se cumpre, a partir do momento em que o
contato te confortes e que minhas palavras te alegrem. Milhares de pessoas nesse momento clamam por paz. E eu vos apelo, companheiros terrenos, que nos auxiliem nas tarefas baseando-se em atitudes benevolentes que transformem o próximo.

Não podemos ignorar as mazelas humanas que gritam demasiadamente em
vossas consciências para serem iluminadas, ou melhor dizendo, serem livradas das condições intraterrenas.

Acompanho-vos diariamente e sei dos acontecimentos. Selo o meu
compromisso convosco.

Mensageiro Consolador


(Psicografado por Pâmela Hélia de Oliveira)



Escrito por Beto Mendonca às 07h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




INTRODUÇÃO

    

            INTRODUÇÃO

Estamos vivendo essa experiência humana e isso por si só é algo extraordinário. A cada passo aprendemos um pouco mais como enfrentar as situações, dificuldades e desafios que a vida nos apresenta. Ser feliz é um objetivo comum a grande maioria das pessoas. Mas como atingir a Felicidade? Na mente de cada um a resposta: “se eu conseguisse aquele emprego, aí sim eu seria feliz”. Ou, “se eu conseguisse namorar com aquela pessoa, ela me  traria a felicidade”. E ainda, “se eu tivesse tanto dinheiro quanto fulano, aí eu seria feliz, poderia ter o que quiser”. Muitos já perceberam ao longo dessa jornada que as frases citadas carregam grande equívoco. Conquistas exteriores trazem prazeres que são efêmeros. A verdadeira felicidade é uma conquista interior. Como alcançar então esse estado? Não há receita mágica, cada um terá que percorrer seu próprio caminho. Mas uma vez que alguém ao longo dessa caminhada vá registrando seus aprendizados, tais conhecimentos são disponibilizados para que os demais possam se postar diante deles e reconhecer ou não as verdades que ali estão contidas. E é exatamente disso de que trata este livro. Um registro do aprendizado ao longo dessa jornada. Sejam em forma de dissertações, crônicas, poesias, reflexões ou mensagens, o que estão sendo transmitidos são conhecimentos adquiridos e também a possibilidade de vivenciar determinadas emoções.

Vivemos tempos de mudanças. Há muita especulação sobre o ano de 2012, sendo atribuída a essa data o tão anunciado “fim do mundo’, que ao longo do tempo já foi tantas vezes anunciado, e, para surpresa de muitos, o mundo não se acabou. E também não irá acabar em 21 de dezembro de 2012. Ocorre que passaremos por inúmeras mudanças em nosso planeta e em nosso interior. Neste livro, o leitor poderá compreender o processo que estamos tendo a grande oportunidade de vivenciar. E irá ver com clareza que não há o que temer. Que as mudanças que estão chegando são baseadas no amor, na paz, na harmonia e na abundância.



Escrito por Beto Mendonca às 14h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




APRESENTAÇÃO

 

Nos últimos anos passei por muitas transformações em minha vida. Nesta caminhada, as quedas e acidentes de percurso foram muito importantes para o meu crescimento. Tão importantes, que pude perceber que não foram “acidentes”, ou “problemas”, mas sim acontecimentos necessários para a vida tomar certas direções, possibilitar aprendizados, vivenciar experiências, ter contato com livros, filmes e pessoas que muito contribuíram para cada passo adiante. À medida que assimilava cada aprendizado, fui registrando tudo em textos que normalmente enviava por e-mail para os amigos e familiares e também publicava no jornal Gazeta de Ouro Fino.

Em 2011 descobri o dom da Psicografia e Canalização, o que possibilitou o recebimento de mensagens espirituais que trazem muitas informações e uma nova perspectiva sobre nossa jornada neste planeta.

Neste tempo de turbulências e mudanças em que vivemos, chamado por muitos de o início da Nova Era, o leitor encontrará informações para ajudar a compreender a nova energia que estamos vivenciando.

Desejo que cada parágrafo seja uma “gota de luz” em sua vida.

Roberto Mendonça Maranho


Categoria: SOBRE O AUTOR
Escrito por Beto Mendonca às 15h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




AUTOCHECIMENTO

Gotas de Luz

 

Já não é mais segredo, você é o responsável por tudo em sua vida. Não adianta culpar outras pessoas, ou as circunstâncias por suas dificuldades. Consciente ou inconscientemente você fez as escolhas que o levaram a ser tudo aquilo que é hoje. Sua saúde, sua felicidade e tudo que acontece na sua vida. Por mais dura e dolorosa que tenha sido cada experiência, tudo tem um propósito. E você escolheu passar por isso. O aprendizado e as lições serão os passos na caminhada da evolução de cada um.

Para estar em equilíbrio e ver o mundo com mais clareza, devemos buscar que nossos sentimentos e atitudes não sejam controlados pela mente – entendida como este emaranhado de pensamentos descontrolados, aleatórios. A consciência não é a mente, a percepção não é a mente, a atenção também não é a mente. E um bom instrumento para se exercitar, isso é a meditação. Ela baseia-se em dois processos simultâneos: um é a percepção instantânea, concentrando-se precisamente naquilo que se deseja ver. Outro processo é a entrega, o abandono de todos os pensamentos que surgirem.

A vida exige mais que conhecimento – ela exige sentimentos profundos e energia constante. Não basta pensar, deve-se sentir. A percepção das experiências é uma compreensão simultânea da cabeça, do coração e do instinto. A sabedoria está nas atitudes, nas ações.

Você está procurando pela Felicidade? Precisa vencer algum desafio, conseguir alguma realização para então ter a Felicidade? Abra os olhos! Não há necessidade de busca! Felicidade não é a chegada, mas sim todo o percurso.

Seja feliz agora! Sorria! Seja sempre Amor!

 


 



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Gotas de Luz 2

Raiva, medo, inveja, agressividade, tristeza, egoísmo, entre outros, são atributos que normalmente, tendem a ser negados pelas pessoas. Ninguém quer ter esses sentimentos. E quando os tem, aí vem a culpa. E, com ela, a pessoa se condena. Assim como a bondade, a caridade, a paciência, a alegria, a coragem, todos esses atributos fazem parte da natureza humana. Uma vez que se aceita que todos eles fazem parte de nossas vidas, aí então encontraremos o equilíbrio. E nessa Dualidade por vezes transitaremos pela Unidade.

Estar na Unidade é um sentimento maravilhoso, de muito bem estar. Entramos e saímos dela muito rapidamente. Quando se para pra pensar naquilo que está-se sentindo, pronto, já estamos na Dualidade novamente.

Muitas pessoas agem e vivem utilizando-se de forma predominante a razão. E a razão é realmente formidável. Muitas conquistas da humanidade podem ser atribuídas a ela. Mas as pessoas se esquecem do outro lado da moeda. Em nossa essência somos razão e intuição – racionalidade e espiritualidade. Não podemos esquecer esse outro lado, e sim buscar desenvolvê-lo para nosso crescimento.

Encontre o equilíbrio. Esteja na Unidade. Unidade é Amor.



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Crescimento e Desafios

 

Crescer, evoluir, buscar sermos pessoas cada vez melhores – esses são objetivos geralmente almejados por todos.  Nesta busca, os desafios e dificuldades fazem parte do processo de crescimento. Passar por eles é parte do caminho. Tentar antever quais serão essas dificuldades é trazer para o presente sofrimento desnecessário. O mais importante é o modo como lidaremos com eles quando chegarem. Um mesmo acontecimento que ocorra com duas pessoas pode ser enfrentado de forma muito diferente dependendo da postura de cada uma delas. Negar os acontecimentos, resistir a aceitar os fatos, ficar preso às coisas como eram antes daquele momento – são algumas das possibilidades de encarar a situação de forma provavelmente muito dolorosa. Reconhecer a nova realidade, estar aberto a fazer as mudanças necessárias, desapegar-se do passado – são formas em que o fardo do desafio será mais suave.

Buscar sermos pessoas melhores não significa que estaremos totalmente livres de sentimentos como medo, raiva, inveja e egoísmo. O mais comum é que quando vivenciamos esses sentimentos, venha em seguida a sensação de culpa. E culpa só gera sofrimento. Estes atributos indesejáveis fazem parte de nossa natureza humana. Buscar negá-los quando se manifestam só faz com que eles se repitam.  Procurar sentir estas emoções verdadeiramente ao vivenciá-las – sem fazer qualquer julgamento – e aceitar que fazem parte de nossa natureza é uma forma de elas não precisarem mais se manifestar.

Os desafios aparecem de forma cíclica até que realmente gerem as mudanças e aprendizados necessários ao crescimento. Um mesmo problema aparece em diferentes momentos sob diferentes formas, mas seguindo um mesmo padrão. Olhar atentamente para eles e detectar qual é esse padrão é uma forma de perceber o que deve ser trabalhado. A partir daí é encarar a situação da forma que achar melhor.

 



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




        

O Agora

 

O calendário e o relógio são necessários em nossa vida prática. Traçar planos, buscar metas, cumprir compromissos. Mas deixemos de lado o tempo do relógio.     Olhemos para dentro de nossa mente. Vivemos cada dia com nossa mente sempre presa ao passado ou ao futuro. Raramente ela está no momento presente, o “agora”. Em algumas situações conseguimos ter a mente plenamente atenta ao momento presente, como em uma situação de perigo – quando diante do risco nossa mente se esvazia, deixando o passado e o futuro de lado e se concentrando plenamente no “agora”.

O verdadeiro “Eu” de cada um não é a situação de vida que estamos tendo, como conquistas, derrotas, dificuldades, prazeres... Muitas vezes nos apegamos a esses acontecimentos que alimentam uma falsa ideia de “Eu interior”. Esse falso “Eu interior” se identifica de tal forma com esses acontecimentos e situações que a vida oferece que ficamos presos a eles. Ficamos presos ao nosso passado. Uma doença e sofrimento podem representar uma punição que pensamos merecer, ou uma postura na posição de vítima. Como essa identificação alimenta a ideia do nosso falso “Eu interior” acabamos inconscientemente escolhendo manter esta situação em nossa vida. É necessário sabermos nos perdoar, libertar-nos de nosso passado e da tentativa de antecipar o futuro. Estando com a mente sempre presa ao passado ou projetando o futuro, negamos o presente. Nasce daí grande parte do sofrimento humano. O desconforto, a ansiedade, a tensão, o estresse, a preocupação; todas essas formas de medo são causadas por excesso de foco no futuro.  A culpa, o arrependimento, o ressentimento, a tristeza, a amargura, todas as formas de incapacidade de perdão são causadas por excesso de foco no passado.

Quando conseguimos acalmar o imenso mar de pensamentos em nossa mente estamos mais próximos de estar em contato com nosso verdadeiro “Eu”. A meditação, técnicas de respiração e de foco da atenção, são alguns instrumentos para se chegar ao estado de uma mente mais calma, tendo momentos livres do imenso fluxo de pensamentos. A conexão com nossa verdadeira essência nos trás uma imensa paz interior. Encontrando este estado de paz fica mais fácil encarar os desafios exteriores e nossa situação de vida, ficando livre da dependência do clico de prazer e sofrimento, com paz e serenidade e muitas vezes vivenciando verdadeira felicidade. (Referência Bibliográfica: “O Poder do Agora: um guia para a iluminação espiritual", Eckhart Tolle, Editora Sextante, 2002.)



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Observador

Um passo no sentido de nos aproximarmos de nossa essência divina é conseguirmos nos dissociar do emaranhado de pensamentos ligados ao passado e ao futuro, que de forma involuntária ou inconsciente, são gerados pela nossa mente.

A mente é uma ferramenta muito poderosa. Um exemplo muito simples para percebemos sua força contra nós mesmos é quando, por exemplo, não conseguimos parar de pensar em determinado assunto que nos incomoda. Mesmo sabendo que pensar naquele assunto, naquele momento, é inútil, sentimos que é impossível desviá-lo, e isso acaba por nos atrapalhar de alguma forma.

É importante entendermos que não somos a nossa mente. Somos algo muito mais profundo, do qual a mente é apenas uma parte.

Uma forma de experimentarmos esta consciência é adotarmos a postura de observar os pensamentos. Como se o nosso verdadeiro Ser se concentrasse em observar a própria mente. Como “observador”, devemos nos colocar fora do pensamento, e apenas observá-lo, de forma imparcial, sem qualquer julgamento.

Uma vez que o “observador” está presente, a mente começa a perder o controle que exerce sobre nós, e experimentamos por alguns momentos que é possível controlar esses pensamentos involuntários, esse estado de desconforto básico. Neste momento uma nova dimensão da consciência surge. Ao observarmos o pensamento, sentimos uma presença consciente, que é o nosso Eu Interior mais profundo – a nossa essência divina.

Da mesma forma que nossa mente gera pensamentos involuntários, ou inconscientes, ela também gera nossas emoções, que são reflexos desses pensamentos. Ambos são processos involuntários. Também podemos testemunhar o poder da nossa mente observando a força que nossas emoções exercem sobre nós. Assim como podemos nos colocar como “observadores” dos nossos pensamentos, podemos fazê-lo também com emoções indesejadas, como o medo, por exemplo, quando este nos impede de buscarmos nossos objetivos.

Ao “observarmos”, é possível nos encontrarmos com nós mesmos, nosso verdadeiro Ser, em meio ao mar de pensamentos e sensações gerados pela nossa mente. Ao nos conectarmos com essa essência divina, nosso Eu Interior, experimentamos momentos de paz, alegria, e grande serenidade.

(Referência Bibliográfica: “O Poder do Agora: um guia para a iluminação espiritual", Eckhart Tolle, Editora Sextante, 2002.)

 



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




         

Sabedoria Hindu

Recebi um e-mail intitulado "Sabedoria Hindu", que diz que quatro leis básicas são ensinadas na Índia. Não verifiquei se tais ideias são ligadas diretamente ao hinduísmo, mas transcrevo abaixo por acreditar que muitas verdades estão aí contidas de forma clara e simples:

A Primeira Lei diz: “A pessoa que chega é a pessoa certa”. Significa que nada ocorre em nossas vidas por casualidade. Todas as pessoas que nos rodeiam, que interagem conosco, estão ali por uma razão, para que possamos aprender e evoluir em cada situação.

A Segunda Lei diz: “O que aconteceu é a única coisa que poderia ter acontecido”. Nada, absolutamente nada que ocorre em nossas vidas poderia ter sido de outra maneira. Nem mesmo o detalhe mais insignificante! Não existe: "se acontecesse tal coisa, talvez pudesse ter sido diferente..." Não! O que ocorreu foi a única coisa que poderia ter ocorrido e teve que ser assim para que pudéssemos aprender esta lição e então seguir adiante. Todas e cada uma das situações que ocorrem em nossas vidas são perfeitas, mesmo que nossa mente e nosso ego resistam em aceitá-las.

A Terceira Lei diz: “Qualquer momento que algo se inicia, é o momento certo”. Tudo começa num momento determinado. Nem antes, nem depois! Quando estamos preparados para que algo novo aconteça em nossas vidas, então será aí que terá início!

A Quarta e Última Lei diz: “Quando algo termina, termina!” Simplesmente assim! Se algo terminou em nossas vidas, é para nossa evolução! Portanto é melhor desapegar, erguer a cabeça e seguir adiante, enriquecidos com mais essa experiência!



Categoria: AUTOCONHECIMENTO
Escrito por Beto Mendonca às 00h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CRÔNICAS E REFLEXÕES

 

Fotografias

Abro o guarda-roupa. Lá em cima, lá no fundo, pego os álbuns de fotografias. Começo a folheá-los. Nas mais antigas ainda sou um projeto, dentro da barriga de minha mãe, captando os sinais do mundo em que estava por chegar. Logo me vejo um bebê em meio ao jardim. Viro as páginas e ali estão muitos aniversários. O bolo na mesa, a criançada ao seu redor. As páginas vão passando e outros bolos aparecem, mas as crianças vão ficando maiores. É até engraçado, abro um sorriso. Os adultos lá estão mais jovens, mais magros, diferentes barbas, cabelos e penteados. E as fotografias vão passando, contando nossa história. Vejo a formatura do segundo grau, os antigos colegas, a tradicional beca, a entrega do diploma. Agora as páginas mostram os tempos da universidade. Passeios, aventuras, recordações. Ao virar as páginas o presente vai ficando cada vez mais próximo. Logo chego a uma foto que tirei ontem. E cá estamos no agora, o momento presente. A cada escolha vamos traçando nosso caminho. Que história as próximas fotografias irão contar? Como saber se faremos o certo ou o errado? Foi Sorte! Muita sorte! Ter alguém assim guiando meus primeiros passos. Foi realmente um grande privilégio. Caráter, bondade, equilíbrio. Toda a base e estrutura para encarar este mundo aprendi com você. As lições de Língua Portuguesa no primário... nunca esqueci. Conhecimento, justiça, todos os traços de minha personalidade têm raízes em você. E agora, do outro lado, é um grande prazer quando nos encontramos, Mãe Vera. É um privilégio saber que você está aí guiando e iluminando nossos passos. Como diz a canção: “Enquanto houver você do outro lado, aqui do outro eu consigo me orientar... Tua palavra, tua história, tua verdade fazendo escola, e tua ausência fazendo silêncio em todo lugar... Metade de mim agora é assim, de um lado a poesia, o verbo e a saudade, do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim...” (Trecho da música o Anjo Mais Velho - Composição de Fernando Anitelli)



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O caso da samambaia

Nesta última festa promovida pela Igreja Matriz, ocorreu um caso interessante. Numa noite, depois de muitas rodadas de bingo acompanhadas de algumas cumbucas de virado de frango e arroz de carreteiro, encontrei-me com a Carmem, professora de Ioga. Sentei-me na mesa dela para jogar as últimas duas rodadas. Naquele momento seria sorteada uma bela samambaia. Enquanto alguém levava a planta até o palco, a Carmem disse: “Essa samambaia ia ficar linda lá em casa!”. Vendo sua vontade de ganhar aquele prêmio eu disse: “Então vamos ganhar essa samambaia!”. O vendedor se aproximou da mesa e compramos logo três cartelas para cada um. Começa o bingo. As pedras vão sendo marcadas e cada vez mais a emoção tomando conta das pessoas na mesa. De repente grito: “Bingo!”. A mesa toda vai à loucura! Corri lá pra frente com a cartela premiada, mas alguém mais havia batido e perdi na disputa pela pedra maior. Volto para a mesa e o pessoal naquele clima de “foi por pouco, quase”...

Passamos para a última rodada da noite. Eram três prêmios que não me lembro bem. O locutor canta a próxima pedra: “Letra G, número 51”. Bingo! Novamente o pessoal da mesa faz aquela bagunça de felicidade. Vou até o palco e ganho uma garrafa de vinho. Fim de festa, pessoal começa a ir embora. Eis que olho pro lado e vejo um rapaz passando com a tal samambaia. Viro pra ele e digo: “Não quer trocar o vinho pela samambaia?”. E ele topou. Corro até a Carmem segurando aquela planta: “Não falei que você ia ganhar a samambaia! Aqui está!” Ela ficou tão contente que o maior prêmio foi ver aquele sorriso e tamanha felicidade.



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Um cachorro chamado Rex

Pelos pretos nas costas. Peito branco. Carinha marrom. Patas brancas. Em 1990, nascia em Campinas um cachorro da raça Fox Paulistinha que logo cedo veio para Ouro Fino e recebeu o nome de Rex. Por dezesseis anos ele andou pelas ruas da cidade, solto, percorrendo longas distâncias, mas sempre voltava para casa na hora de comer e à noite para dormir. Raspava a porta com sua patinha para avisar que tinha chegado. Espalhou vários filhotinhos pela cidade. Foi atropelado algumas vezes e até mesmo envenenado, mas sempre se recuperava e continuava sua vida boêmia.

O Rex gostava muito de passar na casa do meu avô. Ficava ali em frente e logo dava um jeitinho de entrar. Sempre ganhava alguma coisinha para comer, brincava um pouco e ia embora. Mas houve um dia que ele chegou lá de noite e a sala estava cheia. Entrou pela casa e percorreu diferentes cômodos. Logo ganhou algum pedaço de carne. Abriram a porta para ele sair, mas dessa vez ele sentou e não se mexeu. Deram uma ordem para ele ir embora, mas ele continuava imóvel. Foi empurrado para fora, mas lutou e correu para dentro novamente. Situação constrangedora. Era o dia do velório do meu avô. Há pouco tempo havia ocorrido o enterro. As pessoas tristes na sala observavam aquela situação inusitada. Foi aí que alguém de grande sensibilidade surpreendeu a todos ao se aproximar dele e calmamente explicar: “Olha Rex, o Vô Dito não está aqui. Ele não vai chegar. Ele morreu”. Ao acabar de ouvir essas palavras, o pequeno Fox Paulistinha se levantou bem devagar, olhou no rosto de cada um que estava na sala e lentamente saiu pela porta e foi embora.

Por mais seis anos o Rex brincou pelas ruas de Ouro Fino, até que finalmente se encontrou novamente com meu avô.



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Do Pac Man à Internet

Como muitos que vieram ao mundo por volta dos anos de 1980, muito me divertia ao passar algumas horas diante do vídeo game chamado ATARI. O clássico jogo do PAC MAN – com gráficos formados de simples pontos, traços, quadrados e círculos – era um sucesso. Logo depois veio o MASTER SYSTEM. As aventuras eram um pouco mais elaboradas, ao invés de um botão, o controle passava a ter dois. Depois veio o MEGA DRIVE, com seus gráficos mais modernos e seu controle com três botões. Então veio o NINTENDO que logo passou a ser o SUPER NINTENDO – qual não foi a surpresa em poder jogar dentro de casa jogos que até então estavam nos fliperamas. Tudo parecia ainda mais real, lutas, corridas, aventuras. E o número de botões nos controles continuava a subir. Seis botões, sem contar o START e o SELECT, que elevavam esse número para oito. De repente surge uma novidade: o tal do COMPUTADOR. Era muito maior que os videogames e vinha até com uma “televisão” só pra ele. Ao invés de controle, vinha é com um teclado. Os até então oito botões passaram a ser um alfabeto inteiro, números, símbolos e comandos em inglês. Mas, contrariando as expectativas, seus jogos eram bem simples, e o mais impressionante que aquela máquina fazia era imprimir diferentes capas para trabalhos escolares. Quando o computador chegou a minha casa pela primeira vez, vislumbrado, curtia a possibilidade de escutar os CDs em suas caixas de som e pensando em utilizar aquela poderosa ferramenta para os estudos, gastei umas três horas para digitar poucas páginas de um resumo de Geografia. Os velhos trabalhos escolares eram agora digitados e impressos – grande novidade foi ter um corretor de texto que ajudava a não cometer erros de português. Mas ainda faltava alguma coisa. Eis então que chegam os comentários sobre uma tal de INTERNET. Na época, só um amigo dispunha de tal tecnologia e para isso precisava fazer uma ligação interurbana para se conectar. Era muita novidade, dava até pra conversar com pessoas de outras cidades. E a gente ainda podia inventar o nome que quisesse, criar a história de vida que nos viesse à cabeça. Dava pra usar também para os trabalhos de escola. Não mais era preciso ir até a biblioteca, agora a pesquisa aparecia bem ali na sua frente – era só esperar uns quatro minutos para cada página abrir. Logo depois, além de poder conversar com as pessoas desconhecidas, podíamos também cadastrar nossos conhecidos e conversar em tempo real no chamado ICQ. A primeira vez que vi na minha frente uma frase se formando letra por letra ao ser digitada, fiquei maravilhado. Com a intensificação das conversas, digitar ficou fácil. Agora tudo era escrito de forma muito rápida. Apareceram jogos mais bem elaborados para o computador, que passava a ser também o novo videogame. E além de tudo tinha outra novidade, em qualquer lugar que se estivesse, era possível telefonar para alguém. E quando demorávamos a dar notícia, podíamos ser achados em qualquer lugar: era chegado o telefone celular.

E isso tudo aconteceu há não muito tempo. Tudo acontece de forma gradual e sem mesmo percebermos, as mudanças já são incorporadas ao nosso dia a dia. Quais surpresas ainda estarão por vir?

 



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Gentileza

 

José Datrino pintou, em 1980, 56 pilastras do viaduto do Caju no Rio de Janeiro com inscrições com mensagens de paz, propondo sua crítica ao mundo e sua alternativa ao mal-estar da civilização. Andando com uma túnica branca, longa barba e carregando um estandarte, distribuía flores e pregava a Gentileza como princípio das relações humanas. Figura mítica, ficou conhecido como Profeta Gentileza e por trinta e cinco anos anunciou: “Gentileza gera Gentileza”. Em 1996 suas inscrições foram apagadas. Marisa Monte, em sua música intitulada Gentileza, canta: "Apagaram tudo / Pintaram tudo de cinza / Só ficou no muro / Tristeza e tinta fresca."; "Nós que passamos apressados / Pelas ruas da cidade / Merecemos ler as letras / E as palavras de Gentileza". Graças a uma mobilização popular, iniciou-se um trabalho de restauração dos murais que foi concluído no ano 2000.

Essa mensagem, se posta em prática por um número cada vez maior de pessoas, certamente transformará nosso mundo em um lugar melhor para se viver. No trânsito, ao vermos que alguém está em uma situação delicada, precisando de um espaço para entrar com seu veículo a nossa frente, podemos acelerar e garantir nosso lugar pensando “cheguei primeiro, ele que se vire”, ou podemos dar uma pequena reduzida e sinalizar que ele pode entrar. Os ocupantes do outro veículo certamente ficarão agradecidos e nós teremos a agradável sensação de quando se pratica o bem. Ao ver na cidade um casal de turistas com uma máquina fotográfica em suas mãos, oferecer-se para bater uma foto do casal é uma gentileza. Desta forma, nas pequenas coisas do dia a dia podemos agir de forma a promover o bem, o respeito, a solidariedade.

O Natal está chegando. Além de momento de reflexão espiritual, é uma data que gera uma grande expectativa nas crianças. Todas esperam ganhar o seu presente. Mas muitas delas são de famílias que não têm condições financeiras para realizar tal vontade. Inúmeras são as cartas enviadas ao Papai Noel com seus pedidos. Os funcionários dos Correios selecionam as cartas e fazem um trabalho onde qualquer pessoa pode escolher uma cartinha para atender ao pedido da criança. Recebi um e-mail que divulga esse trabalho e ao final ele traz uma mensagem bem interessante: “A vida tem três fases – quando acreditamos em Papai Noel – quando deixamos de acreditar – e quando nos tornamos Papai Noel”.

Feliz Natal!

 



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

 

 

No Céu com o Senhor

 

            Poucos dias atrás, resolvi participar de um curso em Belo Horizonte. Local do curso já definido, endereço anotado. Local para hospedagem já acertado. Agora era só comprar a passagem do ônibus até a capital mineira. Um colega me informa que o tempo de viagem é de seis a sete horas. “Ummm aí fica difícil” – pensei. Lembrei-me dos pontos do cartão de crédito que desde 2007 vinha acumulando. Entro no site do banco para ver o saldo: 16.400 pontos. Mais uma rápida navegada pela internet e na Gol descubro que é o suficiente para emitir um bilhete de ida e volta para BH. Está decidido! O negócio é ir de avião!

O voo sai às duas da tarde. Como bom mineiro prevenido, chego ao aeroporto meio dia e meia. Logo vejo vários guichês da Gol e uma longa fila que se organizava por entre faixas laranjas, dando voltas em torno de si mesma para ficar mais compacta. Após uma hora e quarenta minutos ali, já tinha olhado mais de cinquenta vezes para o rosto de cada passageiro, para os atendentes nos guichês, para os painéis de avisos e vez ou outra me chamava a atenção algumas personalidades exóticas que por ali passavam. E eis que chega minha vez de ser atendido. Como sou muito alto e grandalhão, segui a dica da atendente dizendo que as primeiras poltronas eram mais espaçosas e marquei meu lugar logo na primeira fila.

Já faltando poucos minutos para embarcar, resolvi comprar uma garrafa de água sem gás e um Halls de cereja. “Nove e sessenta” – disse a balconista. “Puxa!!! Deve ser água francesa especial” – pensei. Paguei e apanhei rapidamente. Foi quando vi que era aquela boa e velha garrafinha de sempre. Corri para o portão de embarque. Caminhei pelo corredor e imaginava que ao ver a luz ao fim daquele túnel lá estaria uma imensa aeronave. Que nada. Estava ali um ônibus para levar o pessoal até o avião. E ele já estava bem cheio. O jeito foi arrumar um canto e segurar firme ali em pé.

Logo após subir as escadas da aeronave, tratei de ir até as primeiras poltronas. Realmente vi que o espaço para as pernas era um pouco maior que os demais bancos. Ao sentar percebi uma coisa estranha. O apoio de braço não levantava. Então percebi que havia sentado, mas que não estava tocando no acento. Estava é preso entre os apoios para braços. “Viajar uma hora aqui entalado vai ser dureza” – pensei. Aí tive a ideia de verificar se os outros assentos não tinham apoios que poderiam ser levantados. Por sorte encontrei uma fileira em que havia uma pessoa na janela e os outros dois lugares livres. Levantei o apoio para braço e aí foi um alívio. “Ufaaa, agora sim”.

Após a saudação do piloto e apresentação das medidas de segurança pelas aeromoças, o avião começou a manobrar para assumir posição de decolagem. Foi quando um passageiro lá na frente começou a repetir baixinho: “Oh Senhor, Jesus!”. Aí mais dois ou três também repetiam: “Oh Senhor, Jesus!”. Logo já eram umas quinze pessoas, repetindo bem alto: “Oh Senhor, Jesus!”. De repente aquelas palavras vinham de todos os lados, fora de ritmo, mas com toda força: “Oh Senhor, Jesus!”, “Oh Senhor, Jesus!” Percebi que o rapaz ao meu lado começou a ficar com medo, olhava tudo aquilo assustado. E em meio aos gritos de “Oh Senhor, Jesus!” as turbinas foram ligadas e o avião começou a disparar. Eis que o rapaz ao lado dá um grito: VAI SENHOR JESUS! SEGURA QUE É AGORA!!

Pensei: "Bom, pelo menos esse avião não vai cair. Não é possível!"

 



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Décimo Segundo Natal

 

Acordo ouvindo a forte chuva. Raios iluminam meu quarto como se alguém me fotografasse. O forte barulho do trovão me tira da cama de vez. São seis horas da manhã. É preciso ser rápido para não perder o ônibus. Escovo os dentes e já entro no chuveiro. Meio que ainda dormindo deixo a água correr pelo meu corpo. Logo fico desperto. Aos doze anos, minha roupa é uma bermuda azul e camiseta branca – é assim que se vestem os alunos da escola. Tomo um copo de leite e como uma banana. Saio andando a passos rápidos até a esquina. Logo o ônibus estará chegando.

São quarenta minutos até o colégio. Encosto a cabeça na janela e olho para as casas e comércios. A cidade está começando a despertar, ainda são poucas as pessoas que circulam pela rua. É fim de ano, véspera de Natal. Lembro que no ano passado fiquei tão feliz em ganhar aquela bola. Foi o maior sucesso na escola, brincávamos todos os dias. Se o perna-de-pau do Zezinho não tivesse chutado ela por cima do muro ainda estaríamos jogando com ela. O que será que o papai me daria esse ano? Será que ao despertar no dia seguinte encontraria algum embrulho em baixo da cama?

A professora olha pro relógio. Já é quase hora do recreio. Pessoal sai da sala correndo e logo se forma uma grande fila para pegarmos a merenda. Pego meu prato de alumínio já torto de tantas crianças terem usado. Ganho minha porção de macarrão e como enquanto observo o corre-corre de outros colegas. Acaba o recreio e volto para as aulas. E lá se foi mais um dia. Hora de ir até o ponto de ônibus.

Atravesso a rua e antes de chegar ao outro lado sinto uma forte pancada e tudo se apaga. Abro os olhos. Que lugar estranho. Vozes ao fundo, pessoas andando pra lá e pra cá. Sinto dores por todo o corpo. Logo vejo que minha perna esquerda está engessada. Estou usando uma espécie de saia branca. Vejo alguns curativos nos braços e cotovelos. Uma moça se aproxima de mim. Ela diz que é enfermeira e que fui atingido por um rapaz que dirigia uma moto. Por sorte ele não estava muito rápido. Parece que ele quase não se machucou. Tentava me lembrar do momento do acidente, mas foi tudo tão rápido que não vi de onde ele veio. O que parecia ser mais um dia comum estava agora bem diferente. Logo chegaram meu pai e minha mãe. Ela me deu um abraço apertado com os olhos cheios de lágrimas e disse que tudo ia ficar bem. Apesar de sentir algumas dores eu estava tranquilo. Ouvi que teria que ficar sob observação. Não entendi bem o que isso significava, mas vi que naquela noite teria que dormir por ali mesmo.

Acordo com o quarto bem claro. É meio-dia. Não me lembro de ter dormido tanto assim. Me lembro que é Natal. Mesmo machucado, sentia aquele clima de fim de ano característico desta época. Lá em casa as comemorações sempre foram simples, mas eram momentos de grande alegria. Olho embaixo da maca para ver se encontro algum embrulho. Não há nada ali. Olho para o canto e vejo uma bicicleta prateada. Que coisa linda! Aquela era uma grande surpresa! Fico muito contente, mas não posso levantar da cama para chegar mais perto dela. A enfermeira entra e me diz que o Papai Noel havia passado por aqui naquela noite. Dou um sorriso e ela vai embora.

Podem chamar de Papai Noel, mas as vozes do outro lado do corredor eu conhecia muito bem. Meu pai e minha mãe. Quanto amor e carinho!



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





José Alencar

 Muito se fala de José Alencar, ex-presidente da República. Grande empresário, grande político, mas sobretudo, grande ser humano. Uma pessoa de alma limpa, pronto para fazer o que era preciso, sem reclamar, com muito bom humor. Está aí sua característica mais interessante: bom humor sempre.

Mesmo nos momentos de maiores dificuldades sempre se mostrou um homem de fé, calmo, aceitando os desafios que a vida nos coloca sem fazer grandes tempestades, sem lamentações ou revolta. Amor à vida – assim a imprensa brasileira caracterizou sua personalidade marcante. Competência, luta, bravura, honra, sabedoria – todas essas palavras descrevem este grande ser de luz que aqui esteve e muito bem cumpriu seu papel.

José Alencar fez muita coisa em vida – desnecessário citar aqui, a imprensa toda mostra agora seus grandes feitos e como contribuiu para as mudanças e melhorias da nação nestes últimos anos. Agora, com sua morte, mais transformações ainda ele irá nos trazer. Com seu exemplo inspirará toda uma nação com valores de integridade, honra, lealdade, bom humor, alegria – uma nova geração de políticos há de chegar em breve e o exemplo desse grande ser humano há de ser seguido.

José Alencar – missão cumprida! Parabéns! Agora aí do outro lado continue dando uma mãozinha para nosso país. Sua luz estará sempre conosco.



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

          

A história de Alê

 

          Conversando com uma amiga hoje, soube de sua vida e achei muito interessante. Pedi permissão a ela para escrever sua história.

Tempos atrás, Alê trabalhava como costureira. Ela é evangélica. Em suas orações, disse a Deus que seu sonho era ser massagista. Ela conversava com Ele e dizia que se aquele realmente fosse o seu caminho, que estava disposta a servir. Se não fosse, que Ele afastasse isso dela. Pouco depois, uma mulher que havia trabalhado como massagista encontrou com a Alê na rua e disse que nas suas orações, havia sentido em seu coração que deveria passar seus equipamentos e materiais para ela. Neste primeiro momento, não foi combinado nada quanto a valores. Alê pediu um tempo para pensar.

Logo em seguida, sua irmã convidou um amigo que já tinha experiência nesta área para vir à cidade e ensinar as primeiras noções das técnicas de massagem. Ao encontrar com ele, Alê se surpreendeu quando ele olhou para suas mãos e disse: “esses dedos curtos são perfeitos para massagem”. Neste momento uma lágrima escorreu pelo seu rosto. Ela carregava certo trauma em seu coração desde pequena, pois ao não conseguir fazer alguma coisa, ouvia que não conseguia fazer porque tinhas os dedos curtos. Aquilo foi uma cura para seu coração. Sentiu grande alegria vendo que estava no caminho certo.

Alê resolveu aceitar os equipamentos. E foi praticando... As pessoas gostavam de sua massagem. Seu sonho de montar o salão de massagem ficava mais próximo. Mas havia um pequeno detalhe: como arrumar dinheiro para pagar pelos equipamentos? Então sua mãe conseguiu um empréstimo no banco, com a ajuda de um amigo que aceitou ser o fiador. Agora era pagar em dia as prestações ao banco.

No dia de pagar a primeira prestação, havia juntado algum dinheiro, mas o valor era insuficiente. Sua família iria pagar uma conta em uma loja de materiais de construção. Alê teve a ideia de ir até a loja, pagar parte daquela conta e deixar a parte restante para alguns dias mais adiante, quando conseguiria mais alguns clientes e teria o dinheiro. Pegou então a parte não utilizada no pagamento e juntou com o dinheiro que seria usado para pagar a primeira prestação do empréstimo. Pronto, a primeira etapa estava quitada.

Os dias passavam e se aproximava o dia para pagar o valor restante na loja de materiais de construção. Mesmo sem ter o dinheiro, Alê agradecia a Deus em saber que aquele recurso viria de alguma forma. Sua fé era inabalável. No dia em que deveria pagar o restante, bateu na porta de sua casa a funcionária da loja. E entregou para Alê o recibo já pago daquela conta. A funcionária disse que sentiu em seu coração, durante suas orações, que deveria pagar aquela conta. Mas ela também não tinha dinheiro para isso. Sentiu então que deveria ir até o banco. Ela possuía uma conta-poupança que não usava há tempos. Havia deixado apenas cinco reais nela. Ao tirar o extrato, viu que o valor em sua conta era exatamente o valor restante a ser pago na loja acrescido dos cinco reais. (A pergunta “de onde veio esse dinheiro” veio à mente naquele momento. Talvez alguém transferiu por engano, talvez seguindo seu coração, talvez... talvez...). A funcionária disse para a Alê que ela devia perguntar a Deus por que Ele fizera isso. Alê conversa com Deus (assim ela descreve seus momentos de oração, com muita intimidade com Ele). A resposta vem em uma passagem da bíblia, que resumindo bem, dizia que Ele cuidaria de prover os recursos materiais que fossem necessários.

Aproximou-se o dia do pagamento da segunda prestação. Alê contava em receber um pagamento, mas esse não ocorreu. Houve uma discussão com um de seus familiares, em que lhe foi dito que ela não conseguiria pagar o banco. Alê fechou-se sozinha e pôs-se a orar. Ela continuou firme em sua fé e chegou a dizer para si mesma: - eu acredito que esse dinheiro vai vir nem que seja num envelope escrito “De: Jesus para Alê”. Poucos dias depois, em seu serviço como costureira, recebeu uma carta. Achou estranho, pois não costumava receber correspondências naquele endereço. Ao olhar para o envelope começou a chorar. Chorava de alegria. Suas colegas vieram para ver o que havia acontecido. Ela contou a situação que vivia. Pegou o envelope e lá estava escrito: “De: Jesus para Alê”. Abriu o envelope e lá dentro estava o valor exato da prestação a ser paga. O pessoal se surpreendeu. Alê comentou que o que a emocionou foi o que estava escrito fora do envelope e não o seu conteúdo. Uma colega diz: “ Alguém mandou este dinheiro.” Alê respondeu: “Pode ter sido através de alguém. Mas acredito que pode ter sido diretamente. Deus poderia mandar um anjo aqui trazer esse dinheiro. Mas as pessoas não iam dar conta de ver um anjo com suas asas, então ele pode ter vindo na forma de uma criança.” Imediatamente alguém disse: “Eu duvido”. Nesse momento desceu a escada a pessoa que recebeu a correspondência. Perguntam quem havia entregado a correspondência e ela respondeu: “Uma criança entregou o envelope na minha mão. Fui ver o que era e logo a criança saiu pela porta. Depois olhei e ela não estava mais por lá.

O dia do pagamento da terceira parcela com o banco se aproximava. Uma cliente, que ainda nem havia acabado de utilizar a quantidade de massagens e que já havia pagado seu pacote, resolveu antecipar o pagamento de um novo pacote. E lá veio o valor exato da prestação.

Para o pagamento da quarta parcela, o dinheiro já estava ali, pronto para ser levado ao banco no dia seguinte. Um de seus familiares pediu para que ela pagasse a conta de água, no valor de cinquenta reais. Alê reagiu dizendo que o dinheiro era para pagar o banco. “Manda seu Deus pagar para você”, foi a resposta que ouviu. Ela, sempre firme em sua fé, foi e pagou a conta de água. Nesse mesmo dia bateu a sua porta uma mulher que ela nunca havia visto. Ela disse que Deus mandou que entregasse um recadinho para ela. Entregou em sua mão um pedaço de papel amassado, e pediu que abrisse só depois que ela fosse embora. Alê esperou que ela saísse, pegou o papel e o abriu. Estava em branco, mas, dentro dele, uma nota de cinquenta reais.

            Alê me contou outros acontecimentos, todos muito interessantes. Vi que independente da religião, que independente do nome que é dado para as coisas (que costumam variar muito, mas que em sua essência possuem o mesmo significado), independente de qualquer coisa, é realmente incrível o que pode fazer alguém com o coração cheio de Amor e Fé.

 



Categoria: CRÔNICAS E REFLEXÕES
Escrito por Beto Mendonca às 00h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
POESIAS

 

 

Rolam-se os dados

 

Morte? Por que se preocupar com ela?

Enquanto estamos aqui, ela não existe.

Se ela passa a existir, onde então estamos nós?

A vida, o grande jogo. Alegrias, tristezas, emoções, muitas emoções.

Rolam-se os dados...

Nesse videogame de luxo, juntos vamos levando,

Cada um no seu tempo,

Aprendendo e jogando.

Cada um em cada etapa.

Cada etapa, uma lição.

Vitória? Derrota? Não importa.

Em ambos o que fica é o propósito.

Existe dor na derrota? Alegria na vitória?

Ou seria o contrário?!

Com muita dor pode-se chegar muito longe.

Mais agradável é chegar lá sem ela.

Rolam-se os dados...

E a escola nunca para.

Todos juntos, lado a lado,

Mas para cada um, cada cor é uma cor,

Cada fato tem seu diferente significado.

A realidade é múltipla. Cada olhar vive a sua.

Experiências, sensações, fatos, situações...

Por mais idênticos que sejam,

Possuem significados únicos para cada um.

Rolam-se os dados...

E aprendendo e ensinando, o tempo vai-nos levando.

Com alegria e com amor a caminhada é mais fácil.

Melhor é quase sem dor.

Mas se só a dor puder ensinar?

Ora, aprender então.

É só assoprar que a dor passa.

A lição fica. Rolam-se os dados...

 



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Um novo olhar

 

Todo dia o sol nasce

Em toda manhã nasce a luz

Na flor vermelha em minha janela

Vejo o futuro que o presente nos conduz

 

O mundo esta mudando

Estruturas estão ruindo

As Bolsas se afundando

E lá fora a criança sorrindo

 

O novo está pra chegar

O velho se está desfazendo

Eis a preparação pra mudar

O futuro vem correndo

 

As novas energias já estão se instalando

Muita gente já está sentindo

Se em sintonia, alegria sobrando

E doloroso pra quem resistindo

 

Novos tempos virão

Hoje é tempo de inconstância

Mas o que nos aguarda

É muita alegria e abundância

 



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

O outro lado

 

O outro lado

Lado a lado

Nós aqui caminhando

Eles ali nos orientando

Cada um com seu projeto

Uns já cumprindo

Outros começando

Alguns se desviando

Mas ali do outro lado

Tem sempre alguém olhando

Se da missão alguém desviar

Na linha eles vão botar

Muitos amigos que não conhecemos

Muita história que aqui não lembramos

E nosso propósito vamos cumprindo

Mas quando não souber o que fazer?

É só fechar os olhos que o projeto iremos ler

Caminhando lado a lado

Todos se desenvolvendo

Uns daqui, outros de lá

Todo mundo crescendo

E assim vamos fazendo

O que nós mesmos já planejamos

E no imenso mar a energia é despejada

Atingindo ao mesmo tempo cada canto

E mesmo sem vê-los

Às vezes podemos senti-los

E quando dormindo nos encontramos

Com muita sorte até nos lembramos

Cada encontro é uma celebração

Amor verdadeiro sempre nos ligando

Mas ali do outro lado

Eles sempre estão a nos olhar

A nos proteger, a nos guiar

Guiados por uma força maior

Cada passo vamos cumprindo

E nosso projeto vai progredindo

Cada vez mais longe

Rumo ao infinito

Crescendo, vivendo, evoluindo

 



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Fim de ano - Novo Começo

 

 É fim de ano

Tempo de reflexão

O Natal está chegando

Independente de religião

Pessoas queridas se presenteando

Muitos abraços e apertos de mão

 

O ano-novo se aproxima

Hora para pensar o que mudar

Se alegrar com as conquistas

E as falhas analisar

Com muita fé e alegria

Nas novas energias se renovar

 

Famílias se reunindo

Celebrando a união

Distâncias sendo vencidas

Com muito amor no coração

Um novo tempo se inicia

Com novas forças lutemos então

 

Em silêncio, orando ou gritando

Cada um ao seu modo pedindo

Que Deus ilumine a cada um

Que a Felicidade seja alcançada por todos

E seja fazendo ceia ou jejum

Feliz Natal e um próspero Ano-Novo



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Afinidade

 

Às vezes me lembro

Do dia em que te conheci

Olhando de longe

Algo forte eu senti

Dias se passaram

E de novo nos encontramos

Sentados naquela mesa

Em sintonia conversamos

Um vinho tinto seco

Tomávamos sorrindo

Emoções fortes e sem medo

Outra garrafa alguém ia abrindo

Nosso contato aumentou

Muitas conversas nós tivemos

Vez ou outra até discutimos

Confesso que fiquei assustado

Um carinho muito forte estava sentindo

Sentimento intenso e inominado

Mas o tempo passou

E meu coração foi clareado

Descobri a grande verdade

Não nascemos pra ser namorados

Mas sim para a pura amizade

Amor verdadeiro, sem definição

O que mais próximo se pode dizer

Que é amor de irmão

Deixo aqui registrado

Um grande beijo no seu coração



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





À Moda Antiga

 

Eram outros tempos

Sem internet ou celular

As estradas eram de terra

Cavalo e charrete a nos transportar

A vida era mais simples

Cada coisa no seu lugar

Dinheiro não sobrava

Trabalho duro pra sustentar

Olhando pro quintal se via

Onze crianças a brincar

Tempos simples e felizes

E a lição foi aprendida

Todos unidos a se ajudar

Logo não eram mais crianças

Homens e mulheres a trabalhar

E a casa ficava mais cheia

Muitos netinhos ali a brincar

Olhando daqui ficamos felizes

Com o amor e a doçura do mel

Com vocês sempre estaremos

No coração, vô Dito e vó Bel



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Festa na Piscina

 

Lá vai ele pelo parque

Na gangorra, está sorrindo

Depois corre pro balanço

Alegria está sentindo

O sorvete vem chegando

Bela tarde de domingo

 

Pela grama passeando

Com ternura radiante

Batendo palmas e cantando

Seu olhar é cativante

Vez ou outra está sonhando

Firme e forte segue adiante

 

Amanhã vai pra escola

Lápis e caderno em sua mão

Mas a mochila está mais cheia

Agora também vai o calção

É dia de exercício

Mas também de diversão

 

Na piscina vai entrando

Com a Síndrome de Down

Sente a água bem quentinha

Acha tudo bem legal

Ele é mais uma criança

Diferente, porém igual


(Homenagem a inauguração do Centro de Hidroterapia da APAE de Ouro Fino/MG)


Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Amor, Alegria e Felicidade

 

Amor, palavra mágica

Sentimento profundo

Resumo da vida

Amar é alegria

Amar é dor

Amar é felicidade

Amar é isso tudo e muito mais

Amor não é ciúme

Amor não é poder

Amor não é domínio

Amor não é sofrer

Amor é o que nos une

Amor é o que nos faz viver

Amor é nossa alma

Reconhecendo em cada ser

A mais pura sintonia

Com nosso eu profundo

Alegria é estar vivo

Alegria é amar

Alegria é fazer o bem

Fazer o que deve fazer

Alegria é ser o que se deve ser

Seguindo seu coração

Sem medo de morrer

Sem medo da opinião alheia

Sem medo de sofrer

Cada um é o que é

Basta seguir o próprio caminho

Seguir o sonho dos outros é sofrimento

Seguir o sonho dos outros são nossos espinhos

Amando, vivendo, sorrindo

Cada dia é uma graça

Cada dia é especial

O passado, o futuro

São desvios do eterno agora

Viver o momento exato, com atenção

É que é viver pra valer

Viver intensamente

Focado em cada gesto

Em cada momento

Viver é alegria

Viver é oportunidade

A cada dia aprender

Cada momento vivenciar

Desejos são fontes de sofrimento

Nem sempre sabemos de antemão

O que realmente será o melhor para nós

Planejar demais é fonte de sofrimento

Estar pronto para se adaptar a cada momento

É o caminho da felicidade

Felicidade é fazer o que acredita

É seguir seu coração

Mesmo que isso não agrade pessoas queridas

Mesmo que pensem mal de nós

O que importa a opinião dos outros?

Viver o sonho de terceiros é sofrer

Vencer o ego e sermos nós mesmos

É o necessário para atingirmos a plena felicidade

Felicidade é conquista interior

Independente das condições exteriores

Conquistar nosso interior é o caminho

Uma vez encontrando com nós mesmos

Cumprindo com nossa missão interior

Descobrindo quem realmente somos

Aí é muito mais fácil cuidar da realidade exterior

Desafios da vida, conquistas materiais

Amar... esta é a atitude

Amem-se! Já dizia o Grande Mestre

Só isso, simples assim!

 



Categoria: POESIAS
Escrito por Beto Mendonca às 00h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

MENSAGENS ESPIRITUAIS

 

 

Mensagens de Gabriel

           Queridos irmãos da Terra,

 

Não temam pelas mudanças que estão por vir. Agora as coisas caminham mais rapidamente. Evoluir é o propósito, e seu planeta está evoluindo muito mais rapidamente agora. Será um grande salto de consciência. Alterações para melhor! Alegria, abundância, amor, paz, fraternidade, compaixão serão presentes nestes novos tempos.

Abertura ao novo é o que lhes pedimos. Abandonar os velhos preconceitos e concepções equivocadas da vida e seus valores. Harmonia – conviver em harmonia: assim será o novo tempo. Preconceitos devem ser deixados para trás. Culpas, múltiplas culpas: é chegado o momento do autoperdão. É hora da libertação! Não julguem a si mesmos. Saibam que tudo o que foi vivenciado até aqui teve sua razão, seu propósito. As experiências devem ser vividas e devem-se sentir as emoções humanas a fundo, todas elas, mesmo as mais sombrias. Estão aqui para aprender, vivenciar, sentir: aceitem que são humanos, não temam por sentimentos sombrios, eles fazem parte do caminho. Cabe a cada um aceitar e se perdoar de suas supostas culpas. Culpas criadas por uma mente que a tudo julga. Eu lhes digo: não julguem. Vivam a experiência, vivenciem o que for necessário, assim logo tais emoções desagradáveis não mais precisarão ser manifestadas. Aceitem as mudanças que a vida lhes indica, assim os mesmos desafios não mais precisarão aparecer repetidamente em suas vidas.

Eu sou Gabriel, o Filho da Luz.

 

*****

 

Olá! Eu sou Arcanjo Gabriel. Muitos já ouviram falar de mim. Com muita alegria escrevo aos meus irmãos da Terra estas palavras. A mensagem que trago hoje é: “Não temam o novo”. Fiquem tranquilos. Só Amor, Luz e Compaixão estão para chegar. O novo é libertação dos antigos padrões. Viver o novo é perceber como cada um é um grande ser de pura energia, de puro amor, de conhecimento muito superior ao que o possível de ser compreendido com sua mente em vida. Amados irmãos, saibam que não há o que temer. Há muita gente trabalhando para que as mudanças ocorram dentro da mais pura harmonia e tranquilidade.

Eu sou Gabriel – o Filho da Luz

 

*****

 

Amados irmãos da Terra. Esta mensagem é para aqueles que ainda estão mergulhados nas ilusões, estão presos nas velhas formas de pensar. Amados irmãos, por muito tempo olharam para o céu em busca de um Deus distante, um Deus severo, que castiga seus filhos. Um Deus amado e temido. Julgaram a si mesmos, enchendo suas mentes de culpas. Julgaram-se distantes do Criador. Amados filhos, é hora de retirar o véu, é hora de lançar luz sobre estas concepções. É hora de perceberem que são parte do Criador, ele e você são um só, assim como todos nesse planeta são partes de uma unidade. Todos têm o livre arbítrio e são responsáveis por suas escolhas e caminhos. Responsabilidade que nesse grande jogo de muitos anos foi cobrada pela lei do Carma. Agora é o momento de irem além, é hora de dissolver o Carma. É hora da verdadeira liberdade. Muitos já são os que largaram o jogo do Carma. A oportunidade está aberta para todos. Agora está mais fácil e mais propício, uma vez que a nova frequência de energia que está instalando-se no planeta faz com que tudo fique mais sutil, mais leve, menos denso. É hora de parar com esse jogo que já dura muitos anos! É chegado o momento de perceberem que a Divindade está em cada um. É chegado o momento de descobrirem quem realmente são, de viverem em verdadeira felicidade, harmonia e abundancia.

Eu sou Gabriel,  o Filho da Luz.

 

*****

Amados filhos, é esse o momento de entender que a grande família espiritual é parte de cada um, vocês compõe essa grande família espiritual. Cada ser, cada alma, cada anjo, cada elemental, cada mestre ascencionado, somos todos conectados, todos partes de um todo maior. Esta é uma das verdades por trás do véu, meus amados. Quando  Cristo disse que são todos irmãos, era isso que ele estava transmitindo. Amar a si mesmo, bem como a todos os demais. Esse foi um de seus ensinamentos. Quando foi dito que ele era o filho do Criador, também foi dito que todos vocês também o são.

Cada um hoje pode alcançar a grande mestria que ele alcançou. Isso é o objetivo maior de cada um que busca o crescimento espiritual. Cada um, em seu único caminho, progride no sentido de encontrar-se e perceber-se de fato, sem ilusões ou construções humanas colocadas em seu intelecto desde o nascimento.

A velha energia criou vários “pacotes” onde cada grupo de seres humanos escolhe um deles para fazer parte. Escolhe entre outros fatores, influenciado por sua família e pessoas da cultura na qual está inserido. Cada um que decide trilhar o próprio caminho, que não aceita ter que fazer parte daquele pacote qual sua família e comunidade participam, precisa enfrentar dores e pressões por sua escolha. Normalmente é uma escolha que irá gerar muitos enfrentamentos, mas aqueles que conseguem lidar com isso, prosseguir em seu próprio caminho, descobrindo as verdades com base naquilo que seu Eu interior reconhece como legítimas, esses sim caminham para realmente progredir e passar a ver o mundo através dos olhos do Amor, assim como fez Jesus Cristo. Quem caminha na verdadeira direção da espiritualidade, são aqueles a quem chamamos de Trabalhadores da Luz.

Amados filhos, encontrem seu próprio caminho e sua própria Verdade.

Eu sou Gabriel, o filho da Luz

 

 



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Mensagens de Seraphis Bay

 

Amados irmãos, venho aqui para lhes trazer a mensagem de Seraphis Bay. O mestre ama a cada um de vocês. Seraphis Bay é aquele que irá trabalhar o lado dos acontecimentos vindouros. Muito se tem feito nos últimos anos em prol da ascenção de grande número de habitantes da Terra. É grande o número de despertos. Maior é o campo magnético de Amor e Luz que este grupo de despertos está ajudando a criar. Com isso, os demais irmãos vão recebendo estas energias e poderão optar por assimilá-las ou não, sendo esta a grande oportunidade para toda a humanidade.

            Amados filhos! Fiquem na paz do Senhor!

            Amor e Luz!

 

*****

 

Eu sou Seraphis Bay. Venho trazer a mensagem sobre a ascensão. O momento é oportuno para muitos ascenderem, juntamente com seu planeta, a grande mãe Gaia. Aproveitem o aumento de frequência,  agora tudo fica mais rápido, mais fácil de sentir que as coisas estão mudando. É chegado o momento de termos uma humanidade em que realmente o Amor  seja a base das relações. É chegado o momento da harmonia,  é chegado o momento da paz. Esta é a grande oportunidade.

Eu sou Seraphis Bay, e lhes desejo toda minha luz.

 

*****

 

Amados irmãos, venho hoje trazer a palavra de Seraphis Bay. O mestre enaltece a todos pelo trabalho realizado. O crescimento espiritual do planeta é notável,  uma vez que é cada vez maior o número de despertos. Continuem no caminho da Luz e do Amor!

Amados irmãos, eu lhes deixo toda a Esperança.

Amigos de Seraphis Bay

 

*****

 

Amados Irmãos, recebam estas palavras com afeto e amor! É chegado o momento de nos alegrarmos com nossos desafios e aproveitá-los como um trampolim para dar um salto de consciência. São esses os instrumentos que servem como combustível para realizar esta transformação tão propalada nesse tempo. Amar a todos é o desafio maior. Quando este for atingido, realizado, todos os demais serão mais facilmente resolvidos, transformados, transmutados em Luz e Sabedoria! Cada um tem seu aprendizado, sua história, mas a oportunidade está aberta a todos. O momento é oportuno a todos! Hora de romper com as antigas regras do jogo da vida! O momento é de dissolver o Carma, momento para ser feliz, deixar de ser apenas razão e passar a ser também intuição. É o momento do despertar da espiritualidade, momento de ver o mundo com outros olhos.

Amados irmãos, saibam que apostamos em seu desenvolvimento, apostamos em seu potencial! Conhecerão um novo tempo que em breve estará reinando na Terra. Logo, o Amor será tão abundante que a Luz se propagará em todo canto da Terra. E dela, para além do infinito.

Eu sou Seraphis Bay e lhes desejo a Iluminação.



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Mensagens de Miguel - Parte 1

 

            Como foi explicado antes, meus queridos irmãos da Terra, agora estamos avançando para um novo nível de consciência. Estamos experimentando a oportunidade de nos transformarmos. Agora, amados irmãos, nossa sociedade caminha a passos largos para tais transformações. O grande número de pessoas da Terra conscientes de sua verdadeira natureza, faz com que as transformações ocorram de forma menos perturbadora para muitos. Faróis de Luz se acendem em todo o mundo! Muitos seres humanos já transbordam amor, vibram intensamente nesta nova energia. Agora é hora de saberem quem realmente são! É hora de serem aqueles que vieram realmente para ser! Um novo tempo chega, e com ele, novos conceitos, novas posturas, novas ideias, novos comportamentos, uma nova forma de perceber a vida. Amados irmãos, eu digo que está para acontecer uma grande mudança. Mudança esta para melhor, não há o que temer. Sejam vocês mesmos. Sigam seus corações. Experimentem o que for preciso, emoções pesadas ou as mais sublimes. É hora da liberdade verdadeira, hora de serem a Essência Divina do Criador! Amados filhos, saibam que somos muitos, mas muitos mesmo, apoiando este grande momento, este grande salto de consciência. Os despertos já são inúmeros! Mais fáceis serão as coisas agora! A humanidade logo estará pronta para a paz verdadeira e o amor abundante. Elevem seus espíritos e suas emoções. Amem. Amor verdadeiro! Eu vos deixo toda minha sabedoria.

Eu sou Arcanjo Miguel.

 

*****

 

Agora a casa dos Anjos está em Alegria. Aumentam os seres de luz em vida na Terra. Saibam que estamos juntos com vocês! Sempre!

Eu sou Miguel – o Arcanjo da Luz.

 

*****

 

Amados filhos, acompanhamos a evolução de cada um! Contentes estamos em ver que o salto na consciência é cada vez maior e mais intenso em muitas almas da Terra. Acreditamos no potencial humano.  Escolha qual será o caminho: a luz, repleta de amor, paz, harmonia, ou o medo, que está ligado ao velho paradigma de culpa, do estado de infelicidade.

Amados filhos, agora é o momento do despertar! Não tenha medo! Abra seu coração! A oportunidade está aí!

Eu sou Miguel, Arcanjo da Luz.

 

            *****

 

Eu sou Miguel, o Arcanjo da Luz, venho para trazer a mensagem: Queridos filhos, aqui percebemos o choro e a aflição de muitos. Sabemos de sua dor. Temos a compaixão e percebemos como tem sido difícil para você lidar com isso. Amado filho, realmente será preciso que muitos passem por esse processo. Ele é o combustível, a mola propulsora para enxergar além do véu, para o crescimento espiritual. Vocês olham para os Trabalhadores da Luz, cheios de vida e abundante felicidade, mas não sabem o que foi preciso a cada um para chegar onde estão. A dor e o sofrimento por que muitos passaram, foram tão duros quanto os que você vive, ou mesmo maiores em muitos casos. Cada um teve que lidar com isso de maneira individual, cada um a seu modo, vivendo sua experiência. E aí é que está a informação de hoje, meus amados. É a oportunidade para que você também chegue lá. Vivencie o que for necessário. É o momento de mudar, de aprender. Logo isso não será mais necessário.

Amados filhos, eu lhes desejo toda minha compaixão.

Eu sou Miguel, o arcanjo da Luz.


 



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 Mensagens de Miguel - Parte 2

Amados irmãos, estamos acompanhando o despertar de muitas almas para as verdades espirituais. Cada vez maior é o número de seres conscientes de quem realmente  são e isso gera muita luz e harmonia em todo o Planeta.

A frequência é cada vez maior, mais intensa, mais sublime e o campo de energia da Terra está cada vez mais repleto de Amor.

Esperamos um aumento substancial nos próximos meses, tanto de despertos como da energia de Amor e Luz da Terra.

Gaia já percebe as mudanças e está em sintonia com seu Amor e sua Luz. Ainda serão necessários ajustes, mas tudo caminha muito bem.

Amados filhos, eu sou Miguel e lhes deixo todo meu Amor.

 

*****

 

Amados filhos, foi-lhes dado o livre arbítrio para que a caminhada fosse livre para aprenderem a chegar a Deus. Agora, vocês já perceberam que o caminho que leva ao Criador está dentro de você, e não em construções materiais humanas. Olhe par si mesmo, lá dentro, profundamente, e encontrará aquele que procura.

Eu sou Miguel, Arcanjo da Luz.

 

*****

 

Como muitos já sabem, agora é o momento da transformação da Terra em uma nova forma de sustentar a vida. Acredite que isto está ocorrendo, mesmo olhando para tanta destruição ao seu redor. Resistência é o caminho da dor. Acreditar e aceitar faz com que as mudanças ocorram por meio do Amor. Insistir em negar os acontecimentos faz com que as mudanças ocorram por meio da dor. Ambos os caminhos são válidos. O importante é o despertar da consciência em cada um.

Amados filhos, os tempos são outros agora. O velho padrão de energia já não serve mais. A nova energia é repleta de Amor, Compaixão, Paz. É o momento de cada um abrir seu coração e vibrar em sintonia com esse novo padrão.

Amados filhos, estamos procurando aliviar as suas dores, mas a decisão é sempre de cada um.

Eu sou Miguel, Arcanjo da Luz

 

*****

 

Amados filhos, mesmo agora em tempos de mudança, muitos são os que ainda permanecem apegados ao velho paradigma. Eu lhes digo: aproveitem a oportunidade. Ainda há tempo. Encham seus corações de Luz, de Amor. Não há o que temer.

Eu sou Miguel, arcanjo da Luz.

 

*****

 

Pergunta: Existem duas informações interessantes sobre o que realmente nós somos:

a-      Somos seres em evolução que evoluímos gradativamente e conquistamos nosso poder a capacitação no decorrer das eras.

b-      Que somos seres poderosos, ou melhor, fragmentos ou aspectos inferior de nós mesmos participando de um jogo.

Qual a verdade dessas duas teorias?

Carma ou Karma – Se a primeira for a mais próximas da verdade porque ainda alguns canais continuam pregando a existência do carma, se nem nas escolas humanas de hoje se admite tais procedimentos de punição.  

Livre Arbítrio:  Vive-se afirmando que temos o livre arbítrio...  Que livre arbítrio é esse que não sabemos quem realmente somos, Se não sabemos se vamos estar vivos no dia de amanhã. Se quiser parar de respirar morremos.  Se lutamos como animais para sobreviver. Se não podemos fazer milhares de coisas impostas pelo sistema.... ou seja, não temos LIBERDADE DE ESCOLHAS, temos opções e opções não é livre arbítrio... 

Resposta:

Somos todos filhos do Criador, espalhados pelo universo em diferentes planetas, diferentes formas, diferentes dimensões. Ao encararem o desafio de habitar o planeta Terra, aceitaram participar dentro das regras estabelecidas até então. Cada ser tem sua história, cada ser já vivenciou experiências em diferentes lugares, de diferentes formas. Ao virem para a Terra estão convivendo com seres diversos, cada um em busca de crescimento através da vivência da experiência que a Terra proporciona. Ao nascer, não lhe é permitido lembrar toda sua história. Então, cada vez que você vem para cá, é uma nova aventura. E as experiências serão vivenciadas e com isso haverá o crescimento. Sempre antes de retornar a vida nessa terceira dimensão, encarnando como ser humano, cada um traça seu projeto básico, onde escolhe de antemão os principais desafios e situações que terá de enfrentar de modo que sua experiência seja cada vez mais engrandecedora. Então vocês estão aí, todos juntos, cada um em uma etapa de sua própria jornada, aprendendo e vivenciando experiências, convivendo na diversidade.

Carma não é punição. Carma é a cobrança de responsabilidades. Como cada um está aqui para vivenciar experiências, a Lei do Carma foi colocada para que cada desafio ou experiência incompletos no período de uma encarnação, pudesse ser resolvido na próxima. Acontece que agora é o momento em que as regras estão mudando. Já é possível se libertar do Carma. Alcançando nosso Eu Superior, nosso verdadeiro Eu que não é o ego, muitos já estão fora do jogo do Carma. Como já foi dito, muitos já nem estariam mais aqui se estivessem seguindo os caminhos que o Carma os levaria. Ao despertarem, ao descobrirem seu Eu superior, saíram do jogo do Carma e hoje são parte dos Trabalhadores da Luz que muito contribuem para o bem de todos.

O Livre Arbítrio só é plenamente atingido ao se libertar do Carma. Enquanto estão no jogo do Carma, realmente é verdade que o que existe são opções dentro daquele “personagem”, daquele “papel”.

Amados filhos, acalmem seus corações. Sintam a paz de ser quem realmente são.

Eu sou Miguel, arcanjo da Luz.



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mensagens de Lanto

Está claro para todos que agora a nova sociedade está nascendo. Nessa nova sociedade, vocês, Trabalhadores da Luz, irão desempenhar importante papel, tanto agora, antes da grande travessia, quanto depois. Seus papéis serão de instrutores e líderes para muitos que precisarão buscar conhecimento. Importante é contribuírem para que seus irmãos não tenham medo. Logo as coisas estarão ainda mais intensas e as transformações serão mais perceptíveis. Amados Trabalhadores da Luz, sigam seus corações! Cumpram aquilo que aqui vieram fazer. São  notáveis, do nosso ponto de vista, os grandes resultados que estão obtendo. Logo, aquilo que desconheciam será do conhecimento de muitos. E cada vez mais esse conhecimento irá se espalhar.

Eu sou Mestre Lanto, e desejo a todos que encontrem sua Luz.

 

*****

 

Sabedoria é algo valioso. Amor é a forma mais pura da Sabedoria manifesta. Amados irmãos, o novo conhecimento é cada vez mais público e acessível a muitos. Sendo que, na realidade, trata-se de um retorno a um conjunto de informações que já foi de vocês há muito tempo, mas que se perdeu.

Agora é o momento das novas descobertas. Logo as tecnologias da Terra também serão reflexos desses novos conhecimentos, hoje no plano espiritual. Mas quando descobrirem a quantidade de energia que carrega cada ser humano, quando passarem a usá-la para movimentar seus veículos, suas indústrias e tudo mais que hoje depende de fontes de energia como o petróleo, gás ou mesmo energia solar. Quando descobrirem a quantidade de energia que um coração cheio de amor gera, não mais enfrentarão estes dilemas entre destruir o meio ambiente e o desenvolvimento da civilização.

Em breve, a abundância será plena, tanto em recursos energéticos como em tudo o mais que a vida material necessita.

Amados filhos, eu lhes deixo toda a minha Luz.

Eu sou Lanto.

 


Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mensagens de Amigos Espirituais

 

Irmãos, não temam estes tempos de mudanças e grandes agitações geológicas da Terra. É um tempo em que as novas energias estão se instalando. Agora, um novo tempo se aproxima. Um tempo de luz, de amor, de recursos fartos e abundantes para todos. Não temam ao se depararem com notícias de grandes terremotos, acidentes aéreos, ou mesmo atrocidades praticadas por alguns seres humanos. Isso tudo tem um propósito. A nossa querida Mãe Terra, este planeta azul tão amado, passa por mudanças da mesma forma como nós também estamos passando neste momento. Cada um de nós, a sua própria maneira, está deixando suas velhas energias para trás e se encontrando nesta nova frequência que está se instalando. Não tenham medo. Essa nova frequência é uma mudança para melhor, uma energia mais sutil e pura. Neste processo, muitos passam por experiências extremamente dolorosas, traumáticas, este é um caminho. Existem outros caminhos, onde as mudanças ocorrem de forma mais gradual. Independente de qual seja seu caminho, saiba que o novo o espera, uma nova consciência baseada no amor. Uma consciência onde verdadeiramente cada um amarará seus irmãos. Cristo procurou transmitir o ensinamento maior do Amor. Amar uns aos outros. E parece que em dois mil anos tais palavras são ditas com tanta facilidade, mas tão difícil de se transformarem em atitudes. Colocar realmente em prática tal ensinamento, seria possível? Imagine agora se em nosso planeta cada um passar a realmente agir e praticar esse ensinamento, vivenciando verdadeiramente o amor pelos demais. É exatamente isso que está por vir. Uma nova sociedade onde o Amor irá brilhar, e que a paz será presente. Como muitos já disseram, a vida é uma escola! Agora chegou a hora da sala toda passar de ano. É hora de sairmos do confortável colégio no qual estamos há tanto tempo e encarar o novo que está a nossa frente. É nessa nova escola que nosso planeta se prepara para se transformar. Amor, essa é a palavra. Que o amor de Cristo toque o coração de cada um!

Amigos Espirituais

 

*****

 

Catástrofes como o acidente nuclear no Japão, atos de extrema violência como o assassinato de crianças em escolas são realmente assustadores. Eles chocam e abalam. Saibam, queridos irmãos, que cada um destes eventos é um catalisador para mudanças. Com os eventos recentes, em todo o mundo o modelo do uso da energia nuclear está sendo questionado, debatido, iniciando uma mudança de caminho. No Brasil, o recente evento da morte de diversas crianças na cidade do Rio de Janeiro, fez a sociedade questionar a questão das armas de fogo, pensando formas de controle, formas de restringir o acesso. Isso tudo  é o início de mudanças que estão para chegar. A dor é grande quando vidas são retiradas,  quando tragédias acontecem. Eu lhes digo: sintam a dor, passem por ela. Experimentar tais emoções é parte do caminho de mudança. Assim como consequências e transformações da sociedade, tais eventos também serão catalisadores de sua própria transformação interior.

Luz e sabedoria! É o que lhes desejo.

Amigos Espirituais

 

*****

 

Amor é poder compartilhar com a vida aquilo que há de mais sublime em nós. Amor é vivenciar as experiências com alegria. Amor é atravessar o oceano com profunda gratidão. Sabendo que as ondas podem bater forte em nosso barco, mas que estamos seguros em nossa jornada. É saber que muitas vezes o vento muda de direção e nos leva para outro lugar, e lá, mesmo que não esperássemos ou planejássemos, encontramos algo precioso. Algo que muda o rumo das coisas e que nos leva a experiências ainda mais engrandecedoras. Querer saber todo o percurso que nosso barco irá percorrer, planejar cada detalhe da rota e ir contra a força dos ventos, é o velho modo de conduzir. O novo tempo agora pede uma nova postura. Reconhecer os sinais. Se o vento leva para tal lugar, é bom dar um pulinho lá. Quem sabe não é onde estarão grandes descobertas. Curtir cada etapa do trajeto com amor e alegria, mesmo quando o mar se agitar e as ondas vierem com força. Deixar que seu coração guie o leme. Eis o novo navegar.

Amigos Espirituais

 

*****

 

Os espinhos serão arrancados um a um. Todo aquele que sofreu não mais irá sentir a dor. Suas feridas serão curadas, seus pés serão lavados, sua alma será livre!

Amados filhos, fiquem na paz do Criador

Amigos Espirituais

 

*****

 

Amigos da Terra, já não estamos mais entre vocês. Já estamos do outro lado do véu. Contudo, também participamos deste processo de mudanças. A nova energia que vocês estão ajudando a criar tem servido como alimento espiritual a muitos irmãos aqui do outro lado que precisavam de Luz e Amor. Estas almas se recuperam e caminham para o crescimento.

Aqui do outro lado, são muitos os que colaboram com esse processo. Muitos de nós estamos ativamente colaborando com nossa vibração e Luz, mas a ajuda que estamos tendo de seres que nem mesmo estiveram vivos na Terra é muito grande. O Amor que eles nos trazem é energia infinita. E isso, somado aos esforços dos Trabalhadores da Luz está transformando tudo por aqui, em ambos os lados do véu.

Admiramos a Fé e o Amor de vossos corações e desejamos toda Paz do Criador.

Amigos Espirituais

 

*****

 

Alegria é perceber como cada um cresceu. É ver o brilho no olhar de cada alma. É perceber que o caminhar agora é elevado. É observar cada sorriso. É caminhar lado a lado. Ajudando e aprendendo.

Amigos Espirituais

 

*****

 

A mudança que cada um faz em si mesmo reflete-se em todo o planeta. Basta que certo número de pessoas realize as transformações interiores e isso irá contribuir com o todo de forma extraordinária. Amor é energia, é instrumento de cura, é proteção, é luz para o despertar. Cultivem o Amor dentro de si mesmos, que isso por si só já é de imensa contribuição para toda a humanidade.

Amigos Espirituais

 

*****

 

Não é milagre aquilo que segue as Leis do Criador. Curar é possível, desde que haja o humano vivo que trabalhe como um canal para que toda a equipe espiritual possa atuar em conjunto. Há grupos especiais para isso. E também arcanjos diretamente trabalhando com estas questões. Podemos fazer muito mais do que a ciência do homem, mas sempre que for submetido a tratamentos espirituais, continue seu tratamento nesta terceira dimensão. Podemos operar curas fantásticas, mas as regras precisam ser seguidas. Para os que buscam os curadores espirituais, saibam que sempre devem permanecer com o acompanhamento do médico convencional, aquele que estudou e se capacitou para isso aí na Terra. Para que haja a cura é necessário que os dois lados da moeda estejam atuando em harmonia. Vocês podem chamar muito dessas curas de milagres, mas como já dissemos: não é milagre aquilo que segue as regras do Criador. Estamos prontos para ajudá-los.

Amigos Espirituais



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mensagens de Rowena

Amados filhos, vossos corações estão repletos de amor. Sentimos a abundante energia que eles carregam.  Trabalhadores da Luz, sua Compaixão pelos seus irmãos e sua dedicação ao servir é algo belo, repleto de Amor. Cada ser vivo na Terra, seja  planta, animal ou ser humano, está ligado ao Criador. Seu planeta azul, a grande mãe Gaia, está pulsando junto com seus corações. Suas experiências estão todas registradas e cada uma delas é fonte de informação e conhecimento agregados ao sistema de Gaia. O desenvolvimento da humanidade, com a construção de suas indústrias, automóveis e tudo mais mexeu com a relação entre os humanos e Gaia. Mas mesmo com certo abuso e devastação, a grande mãe Gaia se renova e se transforma, preparando-se para o que está por vir. Assim como cada um está mudando, Gaia também está. Assim como cada um passa por seus desafios e superações, Gaia também o faz. Assim como vocês estão despertando, Gaia está se preparando para se tornar o local para sustentar uma nova forma de vida. Esta nova fase, por muitos até chamada de Nova Terra, será algo fantástico para todos, um grande passo dado por aqueles que há tempos frequentam esse planeta. Está nascendo uma nova Terra, um lugar onde o Amor é a Lei, onde há harmonia, paz, abundância de recursos. Um lugar para almas mais elevadas, mais leves, mais sutis. Parabéns amados irmãos.

Eu sou Rowena, e lhes abençoo com todo meu Amor.

 

*****

Amados filhos, temos falado muito sobre o Amor. Amor é algo muito maior do que o possível de ser compreendido pela mente humana. Amor é a palavra chave. Mas muitos irmãos da Terra ainda entendem amor como a união entre um homem e uma mulher, entre dois homens ou entre duas mulheres. Isso também é amor. Compartilhar nossa vida com alguém é algo repleto de beleza. Acontece que esta relação também irá mudar com a nova energia que está se instalando. Aliás, já está mudando. Existem especialistas que já escrevem muito sobre isso. O também brasileiro Flávio Gikovate possui escritos fantásticos sobre os relacionamentos. Ele já constatou muitas verdades e há muitos anos vem transmitindo suas conclusões. Não iremos reproduzir o que ele já escreveu, mas para os que buscam respostas nesse campo, recomendamos visitar a página desse autor na internet, em especial a leitura do livro intitulado “O bem, o mal e mais além – egoístas, generosos e justos”. Lá poderão compreender o mecanismo de funcionamento de muitas relações, e também identificar a origem de tanta dor e sofrimento em sua sociedade. A boa notícia é que ele consegue enxergar como será o futuro das relações. O que ele enxerga, ainda não é muito comum hoje em dia, mas será a base das relações em um futuro próximo.

Eu sou Rowena. Deixo-lhes todo  meu amor.



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mensagens de Kryon - Parte 1

 

           Amados filhos, daqui do outro lado do véu acompanhamos sua história, seus desafios, suas conquistas, suas dores. Daqui enxergamos em uma perspectiva em que podemos ver o plano como um todo.

Não sabem que, cada passo dado, cada queda, é parte do plano maior que vocês planejaram antes de chegar. Os desafios já foram planejados por vocês mesmos, e estão aqui para superá-los. Mas ao virem para a Terra, um componente importante é inserido para deixar o jogo mais interessante. E isso foi chamado de Carma.

Ao viverem suas vidas, enfrentarão situações e encontrarão pessoas que são atraídas por seu Carma. A maioria passa por aqui apenas como um sobrevivente, indo para lá e para cá vivenciando as experiências trazidas pelo Carma.

            Amados filhos, o despertar espiritual permite a libertação do Carma. Libertar-se desse mecanismo faz com que você consiga realmente vivenciar aquilo que planejou. Possibilita crescer realmente. As coisas não são predeterminadas. O que existe é um projeto básico, mas os cenários podem ser diversos, seus potencias mudam à medida que vocês caminham. Hoje os potenciais da Terra são muito diferentes do que o que era possível perceber anos atrás. Há algum tempo, profecias foram feitas em que se via a destruição da Terra, o Armagedon. Mas, ao final dos anos oitenta, as coisas começaram a mudar. A União Soviética caiu da noite para o dia. Foi o fim da Guerra Fria, que tanto medo trouxe à humanidade. Vocês escolheram mudar a energia da Terra, e isso já vem ocorrendo há algum tempo, mais precisamente desde 1987.

            Agora, o momento da instalação dessa nova energia está mais próximo e a intensidade já é grande e mais perceptível. Muitos irmãos da Terra já despertaram e conseguiram se libertar do Carma. Muitos deles, caso estivessem seguindo os acontecimentos trazidos pelo Carma, já não estariam mais entre vocês. O caminho do Carma já lhes teria levado à morte. E estes, amados irmãos, são hoje muitos dos Trabalhadores da Luz que mais contribuem para a Paz, para o Amor, para o crescimento do planeta.

            Amados irmãos, é este o momento da transformação. Assumam a responsabilidade por suas vidas.

           Eu sou Kryon e lhes desejo todo o meu amor.



Amados irmãos da Terra. Grupos de estudos se formam em todo o planeta para buscar crescerem juntos. Muito amor emana do coração de cada um desses grupos. Saibam que isso tem dado grandes resultados. As almas da Terra cada vez se tornam mais elevadas e purificadas, limpas, preparadas para ascender.

Luz é o caminho do amor. Amor à vida, amor aos irmãos, amor verdadeiro, conexão com o Pai-Mãe-Divino.

Luz – o caminho da sabedoria! Da verdade. Da liberdade. Do crescimento.

Amados irmãos da Terra, saibam que o momento se aproxima, um novo tempo se inicia. Não temam, não será o fim de nada – como colocado em filmes e sempre alardeado de tempos em tempos. Será sim um grande começo! Começo de um tempo onde as coisas irão ser diferentes, de forma onde o respeito, o amor, a abundância serão marcas certas.

Luz e Sabedoria! É o que vos desejo.

Eu sou Kryon.


 *****

 

Olá! Eu sou Kryon. Venho com muito amor trazer esta mensagem aos amigos da Terra. A cada momento, seu planeta vibra em frequências mais elevadas. Frequências estas mais sutis, menos densas, que mais favorecem o desenvolvimento espiritual. É chegada a oportunidade de muitos despertarem. Mas Kryon, o que significa despertar? Eu vos digo, amigos da Terra, despertar é o momento em que você descobre e entra em contato com seu verdadeiro Eu Superior. Eis o primeiro passo do despertar. Encontrar-se consigo mesmo, perceber que você não é o seu ego, que você não é sua situação de vida, que você é algo muito maior. Cada um é parte do Criador, cada um com seu livre arbítrio. Cada um contém em si mesmo a essência divina do Criador. Saibam que não estão tão distante Dele. Ele está mais perto do que se pode imaginar. Mas Kryon, para onde devo olhar? Como encontrar com essa essência divina? Eu lhes respondo: o que precisam é superar a mente linear desta Terceira Dimensão. Existem técnicas para isso, já divulgadas, como focar a atenção no  momento presente do tempo linear percebido na Terra. Superar a mente humana, com seus pensamentos agitados. Eu vos digo: acalmem seus pensamentos, sintam seu coração. Saibam quem são vocês. Para onde olhar? Para seu interior. Em silêncio, em paz, sem julgamentos, sem preocupações, apenas ser.

Eu sou Kryon, e desejo-lhes todo meu amor.

 

*****

 

Amados irmãos da Terra, eu sou Kryon, do Serviço Magnético. Venho hoje para trazer a seguinte mensagem: Parabéns meus queridos. Os esforços e experiências têm gerado um campo de energia que está sendo extremamente útil em todo o processo de mudanças. O potencial da Terra fica ainda melhor. A transição que está por vir será facilitada com esta nova energia que estão transmitindo para todo o planeta. Assim, menos dolorosa esta experiência será para muitos.  Parabéns Trabalhadores da Luz!

Eu sou Kryon, e lhes deixo todo meu amor.


*****

 

Queridos irmãos da Terra, eu sou Kryon, do Serviço Magnético. Louvo seus esforços. A frequência planetária está cada vez mais elevada e Gaia também cresce com o desenvolvimento de inúmeros seres humanos. Sua mãe Gaia, este belo planeta azul, está intimamente conectado a todos vocês. Agora é o momento das transformações. Não temam os grandes ajustes  geológicos.  Não temam quando vulcões despertarem jorrando toda energia e causando a destruição de lares.  É tudo parte do plano Divino. Assim é que as coisas caminham, ajustam-se, transformam-se.

Eu sou Kryon, e deixo-lhes todo meu amor.

 

*****

 

Saudações meus queridos, eu sou Kryon, do Serviço Magnético. Venho trazer a mensagem de que a humanidade agora pode escolher entre a nova energia e o velho paradigma com maior consciência e maior facilidade. A grade crística do planeta está repleta de informações disponíveis a um número cada vez maior de pessoas. As transformações em seu DNA humano estão acontecendo de forma mais intensa agora. Cada vez maior é o número de seres humanos descobrindo seus verdadeiros potenciais. Acalmem seus corações. Logo tudo se tornará mais claro.

Eu sou Kryon e lhes deixo todo meu Amor



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  Mensagens de Kryon - Parte 2

      Eu sou Kryon, do Serviço Magnético. Venho hoje para trazer a mensagem de que agora já é possível observar os resultados dos muitos esforços dos habitantes da Terra. Sua melhora de potenciais pode ser sentida e agora podemos ficar mais confiantes que atravessarão o período de mudanças de forma segura e com muito amor.

Esperamos o despertar de um número cada vez maior de seres humanos. Estamos felizes com os resultados! Parabéns Trabalhadores da Luz!

Eu sou Kryon e lhes deixo todo meu Amor.

           

*****

 

Saudações meu queridos, eu sou Kryon, do Serviço Magnético. Venho para congratular a cada um, para lavar os pés de cada Trabalhador da Luz, para curar suas dores. Hoje, meus queridos, viemos em comitiva por todo este planeta para cuidar de cada um de vocês. Seus esforços e resultados são tremendamente significativos, e agora viemos para acalentá-los, para curar suas feridas, para retirar cada espinho, para massagear suas costas já cansadas. Amados Trabalhadores da Luz, velhas almas que já lutaram muitas batalhas, é tão belo ver vocês conseguindo realizar aquilo que tanto sonharam. Esta noite, cada um será visitado, e cada um será revigorado.

Eu sou Kryon, e lhes deixo todo meu Amor.


            *****

 

Saudações meus queridos, eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

A humanidade passa por período de grande transformação, meus amados. Cada vez é mais perceptível para todos. Meus queridos filhos, vocês enfrentam um período de muita turbulência em seu planeta. Acompanhamos cada acontecimento, cada grito de dor. E estamos sempre aí para ajudar. Muitos ajustes necessitam serem feitos. Os desastres naturais já eram esperados para este ano, as coisas estão ocorrendo como já anunciávamos há tempos. E não há nada para se temer com isso.

Muitas vidas estão partindo. Muitas delas, dispostas a este sacrifício para aumentar a Compaixão das pessoas. Muitas delas, simplesmente não aceitam este novo cenário que está-se instalando. Todos têm o livre arbítrio de escolher. Aqueles que optarem em continuar dentro das velhas regras, dentro das velhas formas relacionados à antiga energia, que mesmo diante das oportunidades (sejam do Amor ou da dor) realmente se negarem a aceitar e participar desse novo momento, serão atendidas em suas vontades.

Acontece que o Planeta Terra não mais será um lugar para esse tipo de experiência. Agora o planeta passa a uma nova etapa, um novo papel. Aqueles que escolherem não fazer parte dessa nova fase continuarão suas jornadas em outro lugar. Em planeta semelhante a Terra. Lá essas pessoas poderão vivenciar as experiências quantas vezes forem necessárias, até que finalmente estejam prontas para essa nova etapa.

Mas eu lhes digo, meus queridos. Inúmeros são aqueles que escolheram essa nova energia, essa mudança nas regras do jogo, essa mudança da frequência de energia do planeta. E as coisas caminham para aquilo que vocês mesmo escolheram: a nova Terra, um planeta onde o Amor prevalecerá, onde há harmonia, abundância, felicidade verdadeira, conhecimento.

              Meus queridos filhos, este é o momento da transição. E vocês passam muito bem por ele. Sigam seus corações. Amor é a palavra.

Eu sou Kryon e lhes deixo todo meu amor.


*****

 

Saudações meus amados, eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

Há anos caminhamos ao lado de cada velha alma que vem para este planeta.
Acompanhamos suas lutas, seus aprendizados, suas realizações, suas conquistas. Acompanhamos vocês em todos os momentos. Quando cumpriam com seu propósito, lá estávamos nós. Quando se desviavam do caminho, lá estávamos nós. Algumas vezes conseguimos ajudá-lo a voltar para o trilho e cumprir o propósito, percorrer toda a jornada. Outras vezes vocês se cansaram e voltaram mais cedo para casa. Mas meus queridos, velhas almas que tanto já contribuíram para este planeta e para seus irmãos, eu lhes digo: se estão aqui neste momento é porque escolheram participar desta grande celebração! Depois de tanto esforço, tanto trabalho, vocês não iam querer perder esse momento especial, não é? Velhas almas, Trabalhadores da Luz, é cada vez maior o resultado de tudo que vocês vêm fazendo. Os potenciais futuros da Terra são cada vez mais favoráveis. Alguns ainda insistem em espalhar o medo, mas a luz que emana do coração de vocês, velhas almas, esse amor abundante, está indo de encontro à velha energia e cada vez mais podemos ter certeza que a grande transformação acontecerá de forma segura, tranquila, com um número cada vez maior de despertos, aptos a habitar a nova Terra.

Parabéns amados filhos! Estamos sempre ao seu lado! Sempre!

Eu sou Kryon e lhes deixo todo meu Amor.

 

            *****

 

Saudações meus amados, eu sou Kryon.

Venho para trazer a mensagem: acalmem seus corações. Não há o que temer. Hoje, 21 de maio de 2011 é um dia especial, mas não significa o tão propagado Fim do Mundo, como está sendo passado pela imprensa e redes sociais.

Amados filhos, não existe “Dia do Julgamento”, vocês são os únicos que estão se julgando. O Criador não julga seus filhos. O Amor Divino é muito maior do que a mente humana pode conceber. Vocês encheram suas cabeças de múltiplas culpas, idealizaram um deus que a tudo julga, mas só quem julga é você mesmo. Julga-se a si mesmo.

Amados filhos, o grande mestre Jesus ensinou muito com seu exemplo de Amor, mas muita expectativa indevida foi criada em torno desse grande Mestre. Não haverá volta de Jesus, pois não há como retornar alguém que nunca partiu. Ele sempre esteve aqui com vocês, com sua Luz e Amor agindo em favor de todos! Jesus nunca pediu que fosse adorado! Seu Amor é incondicional para com toda a humanidade,  assim como é o amor de todos os agentes de Luz. Cada um é parte do Criador, Ele não está tão distante como imaginam. Ele também não está bravo, nem julgando ninguém, nem está alegre, nem triste. Esses são sentimentos humanos que procuraram atribuir a Ele. Não é adorando, idolatrando alguém que faz com que você seja uma pessoa melhor. O que importa são suas atitudes, suas intenções, seus verdadeiros sentimentos. É preciso vivenciar situações, crescer a cada passo, com um esforço ativo e presente para estar em sintonia com o Amor do Criador. Não é idolatrando  qualquer agente exterior que fará de você uma pessoa melhor. Amem a si mesmos, bem como a todos os seus irmãos. Vivam em pleno Amor, em Verdade, com Pureza nas intenções. Assim poderão ter o Mestre Jesus sempre ao seu lado, bem como serem, cada um, verdadeiros agentes semeadores da Luz e do Amor.

Ainda há muito trabalho pela frente!

Amados filhos, fiquem na Paz do Criador.

Eu sou Kryon.



Categoria: MENSAGENS ESPIRITUAIS
Escrito por Beto Mendonca às 00h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Um Oceano de Amor

 

Um Oceano de Amor

Estabelecidos até aqui todos os parâmetros que esses novos tempos nos trazem, fica clara a importância de cada um viver o momento presente com atenção, mantendo a mente calma, limpa, focada em cada gesto, em cada olhar.

Limpar os pensamentos desnecessários, em que se visualiza possíveis acontecimentos futuros ou se revive mentalmente acontecimento do passado, é importante passo no caminho da ascensão espiritual. Seguir o próprio coração

nas decisões também é determinante para o crescimento.

Trilhar o caminho se baseando sempre na sinceridade, na gentileza, agindo com pureza em seus propósitos, tendo a verdade a seu lado e conseguindo se colocar no lugar do outro, imaginar o que o outro esta sentindo naquela determinada situação - a chamada compaixão -, são atitudes que devem estar presentes no dia-a-dia de cada um.

O planeta passa por grandes transformações, que são reflexos das transformações interiores de cada ser  humano.

Vocês são seres divinos com propósitos muito especiais. Cada um carrega uma grande chama de luz. Cada vez mais, um maior número de pessoas vem acendendo suas chamas, servindo como faróis de luz que contribuem para que muitos outros encontrem seus caminhos, que enxerguem em meio à escuridão.

Agora é o momento de você acender sua chama. Elevar sua frequência. Mudar atitudes, pensamentos e a forma de ver o mundo. É o momento de ver através dos olhos do coração, da alma. 

É o momento de encontrar com o verdadeiro  "você" que até então estava escondido bem lá no fundo. Esse seu verdadeiro "Eu Superior" é quem realmente você é. Não se iluda por provações, dificuldades e qualquer tipo de experiência que tenha vivenciado nesse planeta. É tudo parte do plano. Tudo isso foi necessário. Não sinta culpa, não sinta pena de si mesmo, não sinta que fez muito mais ou muito menos do que deveria. Tudo foi feito, vivido e experimentado na exata medida do necessário.

Agora, com a chegada do ano 2012, mais sublime será a presença de cada um nesse planeta. Como já foi dito, não se trata do fim da humanidade. Aliás, bem pelo contrário, será um período de muita evolução, muitas melhorias nos campos da Política, da Economia, da Ciência e na convivência harmônica na Terra.

Para que o novo chegue, muitas vezes é necessário que o antigo entre em colapso. Então será o momento de presenciarem grandes transformações em todos os sentidos. Seja em mobilizações que derrubam governos, seja em forma de crise financeira, seja em novas dinâmicas possibilitadas pela moderna tecnologia.

Caminhamos para que as mudanças sejam cada vez mais intensas. Isso acelera o processo de transformação interior de cada um. E esse processo pode ser doloroso. Como já foi dito, para a chegada do novo é preciso que o antigo ceda seu lugar. O apego às velhas formas pode fazer com que esses processos sejam extremamente dolorosos, comprometendo até mesmo a saúde de quem resistir. 

Crescer é preciso. O momento é oportuno. Acenda sua chama, siga seu coração!

Trabalhadores da Luz, gratificante é ver que os resultados são cada vez mais notáveis. Milhares de pontos de luz se acendem ao redor do mundo. Com sua chama, com seu brilho, com seu Amor, cada um é como uma gota de água pura, límpida, brilhante. Cada um é uma Gota de Luz, que juntos formam um Oceano de Amor.

Amigos Espirituais

 

SOBRE O AUTOR

 

Roberto Mendonça Maranho nasceu em 1981, na cidade de Ouro Fino, Minas Gerais. Formou-se em Administração Pública pela Unesp – Universidade Estadual Paulista. Foi bancário, trabalhando nos bancos Nossa Caixa S.A. e Caixa Econômica Federal. Cursou pós graduação lato sensu, obtendo o título de Especialista em Gestão Pública.  É servidor público do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, com o cargo de Administrador.

É Terapeuta Holístico nas modalidades Terapia Floral e Reiki, atendendo gratuitamente.

Participa do programa humorístico Zueira 91, da Rádio 91 FM de Ouro Fino - MG, acreditando que o humor é instrumento de cura e transformação, e também levando aos ouvintes mensagens de Amor e Luz.

 

 



Categoria: SOBRE O AUTOR
Escrito por Beto Mendonca às 22h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, OURO FINO, Servidor Público - Administrador, Homem
MSN - rmaranho@gmail.com
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  MENSAGENS ESPIRITUAIS
  AUTOCONHECIMENTO
  CRÔNICAS E REFLEXÕES
  POESIAS
  SOBRE O AUTOR
Outros sites
  Site Flávio Gikovate
  Blog Body Talk
  Farol de Luz
  Luz de Gaia
  Kryon - Por Lee Carroll
  Anjo de Luz