GOTAS DE LUZ


Em casa

Em casa
Oito da manhã. Hora de levantar. Queria ser como os adultos, que ficam a madrugada acordados e dormem até tarde. Mas, com onze anos, tenho que seguir direitinho os horários. Entro na fila pra usar o banheiro. Prontinho. Um pouco de televisão. Gosto dos desenhos. De manhã a sala fica cheia, doze meninos conversando. Uns chorando, outros querendo ligar o video-game. Hora de tomar café. E chegam também as meninas. Somos em mais de vinte vivendo aqui. Oração, brincadeiras... Nossa, já é hora de me arrumar pra ir pra escola! O ônibus tem hora e não podemos atrasar! Gosto da escola. Tenho cinco professoras. Final da tarde, hora de voltar. Vamos pro ônibus. Pronto, chegamos. Começam a descer. Pessoal anda muito devagar! Eu já desço e vou correndo! Hoje tem aula de música, adoro tocar bateria! Deixa eu ver que dia é hoje... Quero que chegue logo o terceiro fim de semana! É nesse dia que saímos com os padrinhos! Eu adoro passear com eles! Meu irmãozinho já foi adotado! Ele era bebê! Uma das minhas irmãs também já foi. Meu colega é que tem sorte. Está indo passear várias vezes com a mesma madrinha. Parece que ela vai adotar ele. Moram muitas crianças lá em casa. Mas eu já sou adulto, tenho onze anos, já contei isso, né? Se não me adotarem, poderei ficar aqui até os dezoito. Gosto de todo mundo aqui de casa. Pessoal cuida muito bem da gente. Adoro os finais de semana em que algumas pessoas vem brincar com a gente! Gosto de pular na cama elástica e de jogar bola! Também gosto da comida: é deliciosa! Costumam me perguntar se estou bem. Ué, tá tudo bem! A gente se diverte muito! Faz um ano que vivo aqui na Escola Esperança e Vida.

(Agosto/2013)



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 08h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dezessete horas e quinze minutos

 

Dezessete horas e quinze minutos

Toca o despertador. O sono ainda é pesado. Mais dez minutinhos para descansar. Sonho profundo... Imagens... Sons... E toca novamente o despertador. Hora de voltar à realidade. Banheiro... Banho... Dentes escovados... Roupas vestidas... Hora de trabalhar! O trajeto é curto, dez quilômetros. Que venha a estrada! Logo cedo, inicia-se a aventura. O agradável clima gelado da manhã e as belas paisagens de verdes montanhas contrastam com o que vejo em minha frente: asfalto, em um espaço suficiente para dois carros - dois caminhões também cabem ali, como aquela camiseta guardada há tempos, que, quando vestimos, fica colada ao corpo, sem qualquer espaço livre. É muito legal ter contato com a natureza, mas o mato alto, verde claro, robusto, cercando as duas margens, parece mais oprimir aqueles que por ali passam, ao invés de despertar a agradável sensação de paz que a mãe natureza costuma trazer. Continuo o trajeto que repito diariamente. Para dar um pouco mais de emoção, sempre tem aqueles cheios de pressa, que realizam ansiosas ultrapassagens nessa estrada com tantas curvas quanto os brinquedos mais radicais dos parques de diversões. Primeira etapa cumprida, deslocamento entre cidades realizado com sucesso. Inicia-se o dia de trabalho. Computador, papéis, projetos... Aproxima-se o momento de almoçar. Hora de voltar para casa. Estrada, caminhões, ultrapassagens, natureza... Como é bom estar em casa. Almoço, conversas, notícias no rádio, esticada nas pernas... Opa, já é hora de voltar! Asfalto, natureza, caminhões, ultrapassagens... E vamos trabalhar! E a vida segue seu curso, seu ritmo. Fim de expediente, hora de voltar. Carona? Claro, a agradável companhia sempre é bem vinda! E vamos para estrada... Ultrapassagens ansiosas, natureza, caminhões... Opa! Tem coisa errada! Fila de carros... Pisca-alertas ligados... Um caminhão parado em sentido contrário. Caixas de madeira espalhadas pelo chão. Tensão no ar. Pessoas reunidas em meio ao mato que quase invade a pista. Puxa... Duas pessoas no chão... Uma moto... A agradável companhia ao meu lado vira o rosto para evitar olhar para a cena. Também prefiro ver o mínimo possível. Olho no relógio, dezessete horas e quinze minutos, do dia 27 de junho de 2013: hoje a MG-290 ceifou mais uma vida...

 

(Junho/2013)

 



Escrito por Roberto Mendonça Maranho às 07h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, OURO FINO, Servidor Público - Administrador, Homem
MSN - rmaranho@gmail.com
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  MENSAGENS ESPIRITUAIS
  AUTOCONHECIMENTO
  CRÔNICAS E REFLEXÕES
  POESIAS
  SOBRE O AUTOR
Outros sites
  Site Flávio Gikovate
  Blog Body Talk
  Farol de Luz
  Luz de Gaia
  Kryon - Por Lee Carroll
  Anjo de Luz